MENSAGENS DE JULHO DE 2017




01 - O.M. AÏVANHOV - Q/R

        ... PARTE 1A - AQUI - (Com Áudio)

        ... PARTE 1B - AQUI - (Com Áudio)

02 - O.M. AÏVANHOV - PARTE 2 - AQUI - (Com Áudio)

03 - MARIA – AQUI - (Com Áudio)

04 - BIDI - Q/R - AQUI - (Com Áudio)

05 - ERIANE - AQUI - (Com Áudio)

06 - GEMMA GALGANI - AQUI - (Com Áudio)

07 - MA ANANDA MOYI - AQUI - (Com Áudio)

08 - ANAEL - AQUI - (Com Áudio)

09 - OSHO - AQUI - (Com Áudio)

10 - SRI AUROBINDO - AQUI - (Com Áudio)

11 - O.M. AÏVANHOV - Q/R

        ... PARTE 3A - AQUI - (Com Áudio)

        ... PARTE 3B - AQUI - (Com Áudio)

12 - O.M. AÏVANHOV - PARTE 4 - AQUI


.....................


31 de Julho de 2017

O.M. AÏVANHOV - AQUI - (Com Áudio)


4 comentários:

  1. Olá Manoel !

    Estou voltando a um assunto que levantei na msg anterior do "Ancião dos Dias", onde vc apresentou razões muito práticas que contra-indicavam a retificação da mesma para "Anciã dos Dias".

    Pergunto se, não tendo ainda sido publicada a tradução em português da nova msg da mesma interveniente, seria oportuno / adequado cuidar desse 'detalhe' agora.

    Me ocorreu também uma justificativa adicional para isto, que não lembrei de mencionar em minha argumentação anterior: é que se bem me lembro, Orionis já comunicou - ou foi Aiva que o fez, referindo-se a Orionis - que ele se tratava do Ser que era conhecido em algumas tradições como "Ancião dos Dias" - enquanto que a Anciã, no dizer dela própria, é a mesma Gaia que todos já conhecemos e amamos.

    O amigo irá certamente compreender a minha insistência nessa questão, da mesma forma que compreenderei a forma como o amigo preferir conduzir o assunto.

    PS.: acabei de ler alguns comentários na msg de Maria (sobre a anterior encarnação de Irmão K como Krishnamurti e Jesus), e observo que todos os intervenientes, evidentemente atendendo aos nossos apegos e limitações mentais, prestaram variados esclarecimentos sobre suas manifestações anteriores... de forma que, quando apreciamos as canalizações de cada um, podemos estabelecer relações, ou reconhecimentos, quanto ao papel de cada um deles no contexto do AD. Seria este - no meu talvez bitolado entender - um parâmetro adicional para aplicarmos os corretos "nomes aos bois".

    Calo-me finalmente - por enquanto, hehehe.

    PAZ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá sdrubble !

      Você não poderia ter argumentado melhor sobre essa questão, e o parabenizo por isso. Aliás, ontem quando postei o índice de julho/2017, me vieram claramente os seus consistentes argumentos anteriores sobre essa denominação; mas, sem pensar e sem ponderar, acabou saindo o que saiu.

      Então, ficamos assim: "quando a transcrição chegar encaminharei normalmente para o tradutor (a) que estiver na sequência, naquele momento; mas, como adendo, incluirei seus comentários a respeito. O que for traduzido será o nome adotado". Particularmente não me vejo em condição de me posicionar, pois não tenho identificado nada já a bastante tempo, e quando pronuncio algum nome, isso fica apenas no nível da comunicação, mas já em plena a-consciência de conceitos (sem entrar um milímetro no entendimento do conteúdo). Ainda acrescentaria que talvez a comunicação fluiria melhor, mais fácil, quando se usa denominações mais conhecidas, no caso: Ancião dos Dias (exigiria menos hermenêutica - rs).

      Paz

      Excluir
  2. Rendo Graças a todos os seres envolvidos neste Serviço da Luz!!!
    Aos Intervenientes! A toda Irmandade Divina e Cósmica! Aos Tradutores e aos Organizadores do blog!

    Em União!

    ResponderExcluir
  3. Um esclarecimento, meio que repetido, meio que lembrete, meio que atualizado, meio que complementar:

    - Os pilares deste blog são as traduções.

    - As transcrições a serem traduzidas são recebidas na ordem do índice do mês.

    - A distribuição das transcrições para as tradutoras também ocorre na mesma ordem do índice.

    - O recebimento das traduções chegam em ordem aleatória, decorrente das muitas variáveis envolvidas, com destaque para o tamanho do texto e a disponibilidade da tradutora.

    - Tão logo é recebida a tradução, que surge quando surge, ocorre uma leitura atenciosa, ocorre eventuais correções e ocorre a formatação necessária. Após isso, a publicação ocorre imediatamente.

    - A leitura fica a critério do leitor, que tanto pode aguardar a publicação preferida, o preenchimento sequencial do índice, ou ler tão logo saia a publicação. Vale realçar aqui o quanto o conteúdo dessas mensagens é predominantemente atemporal e que preconiza essencialmente o instante presente, onde não há nada para antes e nem para depois.

    ResponderExcluir