OMA - Parte 1A - Q/R - Setembro 2017


OMA - Parte 1A - Q/R - Setembro de 2017
Mensagem de 16 de setembro de 2017 (publicada em 02 de outubro)
Origem francesa – recebida do site Les Transformations


Áudio da Leitura da Mensagem em Português - por Noemia
Clique aqui para fazer o download do áudio



Eh bem caros amigos estou muito contente de encontrá-los e de vê-los também presentes a vocês mesmos, e venho entre vocês, como de hábito, para responder às vossas inumeráveis questões, ao mesmo tempo sabendo que visto o período ao qual chegamos, minhas respostas serão talvez mais diretas concernente ao que vocês são em Verdade e em Eternidade. Primeiramente permitam-me vos apresentar todas as minhas bênçãos, de vos dar  todo o amor do mundo e dos mundos, e de nos instalarmos primeiro no silêncio da Teofania alguns instantes antes de escutar o que vocês têm a me perguntar e o que, de meu lado, eu tenho a vos dizer para preparar o melhor, se posso dizer, o último trimestre deste ano 2017.


Então primeiramente instalemo-nos nos corações, em silêncio e em paz.



...Silêncio...



Eh bem, meus caros amigos, nós vamos poder entrar em vossos questionamentos.  Vocês viram, eu vos disse que em breve vocês entram no último trimestre, no mês de outubro, deste ano de 2017.  E como nós tínhamos evocado, tanto Maria, como eu, como outros, que vocês entraram em cheio nos processos da Liberação coletiva da Terra e da ascensão da Terra e vossa liberação pessoal desde o mês de março deste ano.  E tudo o que foi profetizado, predito, anunciado, desde tempos imemoriais, se desenrola direto, se posso dizer, em vossa vida e no que vocês podem observar na superfície deste mundo.  Então, como era de se esperar, como nós todos sempre vos dissemos, o que se passa no exterior, vocês constataram, se passa também no interior, quer dizer que, toda a dinâmica da ascensão da Terra e de vossa liberação se conjuga no instante presente,  e tudo o que se desenrola em vossa vida, em vossa intimidade, como na escala do coletivo da humanidade, é exatamente o que foi anunciado de todo tempo. 



Vocês estão no período final da revelação do que vocês são, do que é este mundo, do que são as dimensões e de onde está a Verdade.  E além disso, durante os espaços que nós temos em comum, depois de mim, nos dias seguintes, vocês terão intervenientes que não têm mais nada para ver - que jamais tiveram, aliás, no nível da encarnação neste mundo -, que virão vos declamar, se posso dizer, e proclamar a verdade do que se desenrola.  Quanto a mim, eu me situo, como vocês sabem, sempre o mais próximo de vossa humanidade, a fim de vos ajudar a solucionar o que pode ainda, neste período de alegria extrema que chega, vos interrogar e vos questionar, em meio a vossa história como em meio ao que se desenrola na terra. Então estou com vocês e nós vamos passar o tempo juntos a tentar avançar na instalação de vossa verdade e da Verdade eterna.



Então eu escuto primeiro, se você quer, cara amiga, as questões escritas pelos irmãos e pelas irmãs que estão aqui ou que não estão aqui.  E depois, nós passaremos em um segundo tempo ao questionamento vamos dizer oral.  Mas eu preciso que quando você leu uma questão e que eu respondi se vocês têm outra interrogação no mesmo estilo dessa questão, não hesitem, hoje, em me interromper, a me cortar a palavra e a questionar ainda mais, porque eu creio que vocês estão hoje, próximos, ou precisamente no meio de vosso mês de setembro e, portanto pode-se dizer que antes da apoteose final, vos resta 15 dias de preparação, se tanto vocês pensam ainda ter de vos preparar.  A única preparação, vocês sabem, é a preguiça, é a Alegria, é a Paz, é o Caminho da Infância e é a Autonomia e a Liberdade. 



Então se vos parece existir ainda questões para resolver esta forma de equação, que é uma evidência quando vocês estão aí,  então nós vos escutamos e nós escutamos todos juntos o que vocês têm a perguntar.


E eu te deixo a palavra.



                                                                 

Questão : tenho duas perguntas relativas a minha guiança. Em seguida a sonhos premonitórios que tenho trinta anos, eu publico em meu site os escritos que vêm de mim ou de pessoas que escrevem textos ditos espirituais. Acredito oportuno divulgar estes conhecimentos nestes tempos. De acordo com as vossas últimas intervenções, acreditei compreender que era necessário parar de informar porque isso conduziria a amargurar os humanos. Obedeci mas não estou mais certo de fazer bem . Agi de maneira adequada?   



Caro amigo, quem melhor do que você para saber?  Seja  que você obedeceu a um impulso interior, uma intuição se você prefere, ou uma evidência, ou seja que você se conforma ao que nós dissemos, e a maneira como você exprime esta questão, é efetivamente que você não está seguro de você. Então eu vou repetir mas cabe a você provar, de o encontrar em seu interior : você não tem necessidade de nada, neste período que começou, eu creio, como eu vos disse, e Maria  vos  confirmou, no início do primeiro trimestre do ano de 2017.  Mais os dias, as semanas, os meses passam, mais os eventos interiores,  que  certamente ou  tem posto em  alegria,   ou desestabilizado outros entre vocês, ou os eventos também exteriores estão aí para uma única coisa, fazer-vos entrar em vossa eternidade, no Coração do Coração.  As Teofanias  têm realizado a mesma coisa.



Então, é claro, vocês têm os irmãos e as irmãs encarnados que estão talvez ignorantes das leis espirituais, dos chakras, das Estrelas, das Portas, de qualquer forma de conhecimento.  Hoje, e a cada dia isso vai ser cada vez mais verdadeiro, vocês não têm necessidade de nada, a não ser do que vocês são e que você é, se vocês não o conhecem, desconhecido.  Então estejam prontos, como vos foi dito por outros intervenientes, para o inesperado, porque vocês não podem, com vossa busca, mesmo com os meios modernos que existem, vocês vão efetivamente poder encontrar inumeráveis conhecimentos, mesmo escondidos ou perdidos, mas isso hoje não serve para nada.  Vão diretamente ao que vocês são. Vocês não podem se apoiar nem sobre vossa história, nem sobre os conhecimentos mesmo os mais altos que vocês possam pensar. Eu penso por exemplo nos escritos antigos da Índia que exprimem a verdade do Advaita Vedanta, eu penso também nas canalizações ou nos textos de irmãos e irmãs que estavam encarnados e que foram guias, se posso dizer.



Então aí por exemplo, nessa questão você fala de orientação. A guiança evoca  ou a voz interior, ou um ser com o qual você teve um contato, ou sua intuição, ou seus  conhecimentos.  Mas a melhor das guianças, hoje, é de deixar ser a Eternidade,  quer dizer de deixar emanar a espontaneidade, o inesperado, e não referir isso a qualquer conhecimento que seja. É claro, nós também vos demos inumeráveis conhecimentos, mas para viver em particular no nível de vosso corpo,  qualquer que seja a terminologia das Estrelas, das Portas, dos chakras, dos novos corpos e mesmo do Coração do Coração.  Mas enquanto isso fica exterior a vocês , isso apenas alimenta o mental. Ora, hoje,  e já desde o início de agosto, e  eu o disse, eu creio, há pouco mais de duas semanas, vocês entraram nos tempos da evidência do fim dos tempos. 



É necessário verdadeiramente estar cego, ou estar na negação para imaginar que toda essa farsa da encarnação vai terminar com uma nova idade. É claro,  vocês têm inumeráveis irmãos e irmãs que estão persuadidos que tudo vai se tornar, pela Luz, extremamente magnífico sobre esta terra, e estão na negação total do que se desenrola. Não é questão de crer no que nós vos tínhamos dito na época nem agora, mas de observar por vocês mesmos o que se desenrola  de maneira muito concreta, muito palpável por toda parte sobre a terra.  Não é porque vocês são privilegiados ainda, de acordo com o país em que vocês estão, que isso vai durar  a eternidade. E quando eu falo voluntariamente do último trimestre do ano 2017, tenham-se prontos para o inesperado, tenham-se prontos  a tudo o que vos foi anunciado, não somente por nossa voz, mas por todas as profecias, porque todas,  sem nenhuma exceção, correspondem aos tempos atuais, e sobretudo no último trimestre do ano 2017.



Então vocês não têm nada a conhecer, vocês não têm nada a antecipar, vocês não têm de vos prevenir do que quer que seja.  Isso é o ego, é a pessoa quem busca orientação exterior.  É tempo de retornar à Eternidade, é tempo de fazer cessar a tagarelice, é tempo de se encontrar além de toda guiança, além de todo irmão, além de vossa presença ainda em meio a um corpo efêmero, essas coisas que alguns entre vocês já vivem com abundância e que outros se preparam para viver.  Então é necessário desembaraçar  diante de vocês, nada guardar, nada conservar do que está atrás, não olhar à esquerda ou à direita, nem à frente.  Olhem-se dentro, olhem quem vocês são, mesmo se vocês não o veem,  e assim o ponto de vista mudará por ele mesmo. Vocês não têm mais a refutar, vocês não têm mais a acumular as experiências, mesmo fantásticas, porque tudo isso é o que vocês são.  



Portanto há uma última reversão, não da energia, não da vibração não mais, mas diretamente de vossa consciência, em vosso posicionamento   em vossa eternidade que está em alguma parte no meio de vosso peito, no que nós nomeamos o Coração do Coração, o Instante Presente, a Última Presença, a Infinita Presença, a Morada da Paz Suprema, o Fogo Ígneo, a Coroa do Coração, a Coroa Radiante. Tudo isso, são palavras, e bem evidentemente vocês têm palavras que são diferentes em todas as línguas e mesmo em cada um de vocês.  Ultrapassem tudo isso porque hoje, não há necessidade de nomear, não há necessidade de render testemunho  ao vosso efêmero do que vocês vivem.   Há somente de viver a vida no que ela vos apresenta, que isso seja nas  contrariedades, nos eventos que vos parecem opostos à Luz,  porque a Luz está tão densa agora, que mesmo as coisas mais opostas, na aparência, à Luz, concorrem ao retorno da Luz e à sua evidência para o conjunto coletivo da humanidade. 



 É claro, eu vos disse, e redisse e repito, não busquem o dia ou a data, porque ninguém pode conhecer a data precisa.  Simplesmente, eu repito o que eu disse há pouco mais de duas semanas, Nibiru terminou sua volta por trás do Sol, sua velocidade sendo certamente   sempre variável - é claro ninguém sabe quando se tornará visível.  E vocês sabem que o critério maior, no desenrolar cronológico  que nós tínhamos vos desvelado, mesmo se essa cronologia não é respeitada formalmente porque  isso será adaptável e adaptado em função do que se encontra, não da vossa pequena   escala, mas no nível do que pode restar dos fragmentos de controle do mental humano  e dos hábitos como nós vos dissemos , dos hábitos que vocês tomam e que todos tomamos quando estamos  na superfície deste mundo.

Então o mais urgente, não é  dizer o que é necessário fazer ou não fazer, porque como disse Osho, não há nada a fazer, não há nada a salvar, não há nada a perder, simplesmente  redescobrir a Verdade, sem fardos nem falsos pareceres, sem história de dimensões, sem  história de tudo o que nós vos contamos, que é verdadeiro, mas que não vos concerne mais neste momento. A única coisa que vos concerne, é o Amor. Esse Amor que não conhece nem forma, nem história, nem condição, nem mesmo energia, nem mesmo vibração.  É isso que vocês são, todo o resto, eu não disse que isso não existe, é claro,  vossa porta de vossa casa, ela existe sempre, vocês a atravessam, não é?   Mas desviem-se de tudo isso, façam o que vocês têm a fazer, quer dizer, o que a Vida vos dá a fazer neste período. Mas não busquem nada, sejam autênticos e para serem  autênticos,  autônomos e livres vocês não têm necessidade de nenhum álibi, vocês não têm necessidade de nenhuma história, vocês não têm necessidade de nenhuma progressão, nem de nenhum objetivo, uma vez que isso está aí.  É isso que é necessário realizar.

Portanto o que você faz, que seja você  quem escolheu  ou a Luz, pouco importa, mas assim que se exprime um pesar ou uma dúvida, você pode  estar seguro de que  é a personalidade que se exprime e não a Luz.  Então o que eu posso te dizer, é que aí também, no que você decidiu, cada coisa está em seu lugar. E mesmo o que pode vos parecer hoje, para cada um de vocês, como o mais intolerável em vossa história familiar, pessoal, em vosso corpo,é muito exatamente e mais do que nunca é exatamente o que é necessário, não para curar - não há nada a curar -, mas para aceitar a verdade do que vocês são a partir do instante em que vocês giram vosso ponto de vista, vosso olhar interior unicamente sobre vosso coração.  Eu o disse,  que vocês batam no peito, que vocês coloquem cristais, que vocês vão vos colar em uma árvore mestre,  que vocês  façam esse amor místico com um dragão ou um gnomo, isso  não tem nenhuma espécie de importância, são apenas intermediários,  mesmo vosso corpo, não são senão os suportes para descobrir a totalidade de vossa verdade.

E essa verdade, ela não se acompanha de história, de karma, como vocês sabem, mas hoje é cada vez mais verdadeiro para cada um de vocês e sobretudo para aqueles entre vocês, irmãos e irmãs, que não vivenciaram nada, que não acreditam em nada, porque é aí que vocês estão mais  disponíveis para o presente e para vossa Presença.  Não há necessidade de nada mais, todo o resto, doravante, não fará senão vos sobrecarregar  e nos sobrecarregará  também,   porque quando nós vimos ao vosso encontro, tudo isso são montes  de crenças, de pré-julgamentos, da exteriorização de manifestações neste mundo, mas  que não é a Verdade. Então  é o grande tempo hoje , mais do que nunca, antes de 1º de Outubro e antes mesmo, eu diria, da festa dos Arcanjos, bom em cerca de alguns dias é o mesmo período, hein, mas sobretudo de acolher, no Caminho da Infância e da espontaneidade.

Aí está a  Alegria. A Alegria, ela não está no conhecimento, mesmo os mais sublimes, da mecânica dos mundos livres, não está no fato, hoje,  de reencontrar vossas linhagens ou vossa origem estelar. O que vocês reencontram é bem anterior a tudo isso, é o sopro do Espírito, é o Fogo Ígneo, é o Impessoal, é o Coro dos Anjos, o Paráclito.  Não há necessidade de conhecimentos para isso, porque todos os conhecimentos que vocês colocaram diante, esperando encontrar isso, não farão senão sobrecarregá-los  e nos sobrecarregar, e sobrecarregar, eu diria mesmo, e sob forma de resistências, a progressão de Hercólubus, Hercóbulus, como vocês quiserem, ou Nibiru, vocês o chamam como vocês quiserem. Então eu escuto à 2ª questão.


Questão : vinte anos, tenho sonhos nos quais tenho um trabalho de guia: guia de montanha, motorista de ônibus, piloto de avião para evacuar os humanos, dirigente ou responsável de uma equipe Entre outros, foi-me mostrado uma grande cidade arrasada por um fogo nuclear. Eu devia pôr os humanos em segurança, ao abrigo das radiações, constatar os estragos, e eventualmente reconstruir.

Reconstruir o quê ? Mas são sonhos sem valor. Reconstruir, não. Vocês terão efetivamente, e isso nós vos dissemos antes da questão, que vocês seriam muitos a servir, a ajudar, durante os 132 dias, isso é verdade, mas hoje, antes que o Apelo de Maria tenha lugar, esqueçam tudo isso, esqueçam vossas linhagens, sejam virgens, se posso dizer, sejam humildes. O que quer que tenha a fazer, isto não é aqui e agora, é em um outro estado.  É claro que muitos de vocês têm sonhos assim  já desde muitos anos.  Interroguem os irmãos e as irmãs.  Quantos entre vocês há 20 anos têm  os sonhos de catástrofes, de tsunamis. Então, eles chegaram, esses tsunamis?   Não ainda. Não adiantem o plano. O plano, se posso falar de plano, no objetivo da Liberação, vossa liberação, e da ascensão da Terra, nós sempre vos dissemos, tudo estava concluído, restava simplesmente materializá-lo em função do avanço de Hercólubus, é tudo. 

Portanto quando eu ouço a palavra guiança,  quando os sonhos que estão descritos  antes da questão falam apenas disso,  eu posso te assegurar que quaisquer que sejam seus potenciais, e eu não duvido, há antes de tudo um ego espiritual que tem necessidade de reconhecimento. As coisas se fazem espontaneamente, guiadas pelo Espírito e a Luz, não há nada a antecipar, não há nada a prever, e não há nada não mais a projetar no exterior, mesmo se os sonhos o dizem.  Caso contrário, vocês demonstram a vocês mesmos, e é uma prova patente que a pessoa ainda está presente e que ela projeta, imagina, um futuro, uma ajuda, e guiar os outros. Eu disse em numerosas vezes para alguns irmãos e irmãs se ocuparem de seus traseiros. Como eu disse, em outras vezes, que vocês não podiam ficar com o rabo entre duas cadeiras ou com a mão que segura os amendoins no frasco.

É necessário soltar todos os vossos marcadores e tudo o que é conhecido. Não mais, como eu dizia, segundo o princípio de nosso querido Bidi, da refutação, mas na inocência do instante presente, porque tudo se desenrolará aí.  E quando eu digo que tudo se desenrolará aí, vocês constatarão que em vosso coração nada se desenrola, porque a Paz é suficiente a ela mesma, que a Alegria e o silêncio são a única Verdade que vem transcender toda história, todo sonho, toda pessoa e todo sentimento de ter necessidade de ajudar ou de guiar. Portanto hoje, eu vou vos remeter  às vossas últimas falhas, que não foram vistas, mesmo através de vossos sonhos.  

Então eu escuto a questão que vem após esse sonho que é muito eloquente,  aí também.


Questão : … estou tomado nas ilusões de meu ego, ou devo compreender as missões indo no sentido dos meus sonhos ?

Aí está porque eu respondi antes que ela desse a questão.  Ela tem sua resposta antes. Está muito claro. Assim que há, hoje, assim que há personificação, assim que há forma em detrimento do coração, isso não quer dizer que quando vocês veem por exemplo um elfo, vocês não sentem o coração, mas o que é que se passa agora, desde o início de agosto, e de maneira cada vez mais insistente ?  É que mesmo se vocês veem, mesmo se vocês trocam com um elfo, um dragão, uma árvore mestre, com um irmão ou uma irmã, o mais importante, não são as palavras, não são as formas, é o peito, o que se desenrola em vosso coração, não as palavras empregadas, não as formas que vocês veem.  Portanto nos sonhos hoje, eu posso vos dizer : não percam mais tempo em tentar compreender, vivam o que há para viver.  E aliás, na questão que segue o sonho, é exatamente isso, portanto eu já respondi.


Questão : qual consequência pode haver sobre um recém-nascido à quem se mudou o sangue a partir do nascimento e que se separou de sua mãe por um longo período de hospitalização? Trata-se de um homem de 53 anos que “ se descontrolou em seguida a uma demissão.

Oh mas vocês têm inumeráveis razões de se descontrolar, que isso seja porque o marido ou a mulher partiu, que seja porque vocês sofrem, mas vocês podem também se descontrolar porque vocês estão em alegria.  E o que eu disse precedentemente, nos contatos com os povos da natureza, vocês são cada vez mais numerosos a sentir que o que é importante, não é ver um elfo, trocar com ele com as palavras, é unicamente o que se passa nesses lugares ; então isso se torna, aí também, impessoal. Então vocês não podem ser Absolutos, liberados vivos, quer dizer no Impessoal, e continuar a alimentar o pessoal.

Então aí, ao buscar no passado, para esse homem de 53 anos, é claro que há uma causalidade, mas a Alegria e o Amor hoje, a Luz com tal intensidade, ela vos chama à Graça, não à explicação, ela vos chama à evidência do coração, à evidência do Amor, não às justificativas. Então aceitem, se a vida vos faz descontrolar,  de desistir e não reagir.  É necessário agir, é claro, se é o corpo que  é  concernido, mas se isso concerne  ao vosso psíquico, vosso ego, quer dizer, vossa pessoa, vocês não terão mais nenhum espaço de solução no interior da pessoa  a partir de 1º de outubro. Aí eu não posso ser mais preciso.

Eu não vos  anunciei a visibilidade de Nibiru em 1º de outubro , hein, não me façam dizer o que eu não disse. Talvez estará visível antes e talvez depois, mesmo. Mas a qualidade de vossa Presença, a intensidade de vossa eternidade, a intensidade do Amor e da Luz tornam-se tais que vos será necessário verdadeiramente muito esforço para manter um status quo qualquer,  quer seja em uma relação, quer seja em uma profissão, quer seja em vossas crenças ou vossos álibis espirituais.  Tudo isso vai desmoronar, e esse já é o caso para muitos entre vocês, não é?  Eu espero que nós teremos testemunhos depois, no oral.

Então para essa pessoa, o que é que se passa de fato ?  Mais a Luz está aí, mais a Eternidade está presente, mais o efêmero que se quer manter torna-se árduo. Ainda uma vez , isso não quer dizer que é necessário deixar o marido, a mulher, o filho, o trabalho, eu jamais disse isso. É o ponto de vista, quer dizer, de onde vocês veem o efêmero que faz a diferença. Se vocês o veem  a partir de vossa pessoa, eu posso garantir que agora isso vai de mal a pior. Se vocês mudaram de ponto de vista em todos os sentidos, ou seja, enquanto posicionamento da consciência, mas também em vossa maneira de ver, de sentir e de viver, se vocês soltam sem se desviar, sem   ignorar  o que se desenrola  na tela de vossa consciência ordinária, mas se vocês admitem que há alguma coisa que vos é desconhecida e que  está aí  - e que não tem necessidade de vossa pessoa, de vossas estratégias, de vossos conhecimentos, de vosso mental, de vossas emoções, de vossa história -, então a Graça vai se tornar cada vez mais operante através do Fogo Ígneo.  E quaisquer que sejam as circunstâncias de vossa vida,  vocês não serão mais levados por vosso personagem, vocês permanecerão estabelecidos cada vez mais firmemente no instante presente, no aqui e agora, na Verdade enfim.

Então o que eu posso aconselhar, de maneira global, mesmo se em algumas questões eu trarei respostas, é evidente que agora, a única verdadeira resposta, eterna, é você.  Mas não você em vossa história, não você em vosso corpo, em vosso sofrimento ou em vossas pequenas alegrias, mas você em vossa eternidade, quer dizer em vosso corpo de Existência que, eu vos lembro, está presente, quer vocês o sintam ou não. Por outro lado, vocês não duvidem que se vocês resistem de uma maneira ou de outra, e mesmo o mais frequentemente de maneira inconsciente, será somente pelo que nós vos dissemos, durante o mês de junho e julho, quer dizer a força dos hábitos, a força dos hábitos de gestos repetitivos, das coisas que se fazem quase automaticamente em vossa vida, e que sendo úteis e importantes, hoje não têm mais nenhuma importância nem nenhuma utilidade.  Aliás vocês vão se dar conta muito rápido, se já não é o caso.

Então se esse irmão está em vias de se descontrolar porque ele perdeu um trabalho e ele pensa que isso o remete a alguma coisa que remonta a mais de cinquenta anos, ele ainda está submisso à história.  Ora o único bálsamo definitivo, hoje, é de não mais ser tributário da história mesmo vivendo a história que a Vida vos dá a viver.  E se há uma perda importante, mesmo se vocês sofrem com isso, e sobretudo se vocês não compreendem nada e sofrem com isso, é que para vocês, como para o outro, aliás, ou para a situação, é o que encontrou a Luz, em sua Inteligência, para aceitar a Liberdade, mesmo se é através de vossos lamentos, de vossas recriminações ou de vossos sofrimentos.  Lembrem-se do que muitos sábios disseram : tudo o que deve chegar chegará, o que quer que vocês façam, tudo o que não deve chegar não chegará, o que quer que vocês façam. E hoje é imediato, não há latência, vocês não têm necessidade de tempo para verificar se é verdadeiro, isso vos cai em cima todos os dias, em cada ocasião, mesmo lavando a louça, não somente nas Teofanias.

As Teofanias perpétuas e espontâneas, mesmo se muitos irmãos e irmãs não sabem o que isso é, eles não têm o nome para colocar em cima mas o fato de vivê-la uma vez, sobretudo com tal intensidade, muda radicalmente vosso ponto de vista.  Vocês não podem mais mudar vosso ponto de vista a partir da pessoa. Vocês não estão mais há trinta anos, vocês não estão mais em 2009 como com as Núpcias Celestes, vocês não estão mais em 2011 quando da liberação do núcleo cristalino da Terra, vocês não estão mais nas atribuições vibrais, vocês não estão mais nos tournicoti-tournicota, vocês não estão mais nas linhagens, vocês estão na Verdade, quer vocês o vejam ou não.  E a Verdade, ela espera apenas vocês, ela não espera os cenários, as histórias, os sonhos, mesmo se eu continuo a responder aos vossos sonhos, mas eu vou ser muito mais incisivo.

Tudo isso é um jogo.  E aliás foi o que disseram todos os grandes irmãos e as grandes irmãs presentes e passados, que não foram somente, como eu o fiz em minha última encarnação, no Sol, mas que viram atrás da Luz, vos disseram a mesma coisa.  Mas hoje, cada um entre vocês assim que depositam seus fardos aos pés do Cristo, ou de Buda, se preferem,  ou de Maomé ou de quem vocês quiserem, não importa. Assim que vocês aceitam soltar, a Verdade brilha literalmente. Se vocês sofrem, é que vocês resistem à mudança, vocês resistem e vocês não querem perder vossos hábitos.  Vocês não amam o inesperado, e de algum modo vocês não amam a Verdade, porque não há nada a buscar, e isso, vos foi dito quantas vezes?  Sejam humildes e sejam preguiçosos, e o silêncio e a Paz estão aí, e vossa vida se desenrolará sem que vocês intervenham.

É claro vocês agirão, é claro vocês serão levados às vezes a gritar,  a chorar, mas isso não tem nenhuma espécie de importância.  Vocês não estarão mais identificados ou projetados naquilo que apenas passa. Vocês verão claramente não vossa vida nem vossas vidas passadas, mas vocês verão claramente a Verdade e o Amor, porque vocês tornam-se isso integralmente. E isso, é uma Alegria que não pode assemelhar-se a nenhuma  outra. Nenhum conhecimento, mesmo o mais elevado, por exemplo, metatrônico, as chaves metatrônicas, as civilizações multidimensionais que exploram ao mesmo tempo uma forma em tal dimensão e em todas as dimensões, quer dizer que há um Triângulo que se torna uma Águia que se torna  um Nefilim, mas que se torna...que é ao mesmo tempo, não vejam aí uma sucessão.  É a sobreposição das experiências multidimensionais que se tornam possíveis em outros lugares, por toda parte.

Portanto vos é necessário capitular, quer dizer, entregar a cabeça.    um único lugar onde Satã está, é em vossa cabeça,  e essa cabeça se alimenta de pré-julgamentos, de histórias,  de karmas, de imagens, de sons e de tudo o que é sensorial. Ora  vocês sabem muito bem que não importa qual sentido, quer seja um som, um gosto,  uma ideia, isso não faz senão  passar, jamais é estável.  Unicamente você, é estável e verdadeiro. Nenhuma história, nenhum cenário pode substituir essa verdade.  E  para escutar e ser a verdade desse Amor, dessa Luz, desse Fogo no nível do coração, é a extinção da consciência.  E aí, eu não faço distinção entre a consciência do personagem que  vocês são e mesmo o que foi nomeado a supraconsciência. Vocês sabem pertinentemente,  nós vos dissemos e vocês são cada vez mais numerosos a vivê-lo de maneira cada vez mais completa e integral, vocês são anteriores à consciência, e aí está a Alegria, sobretudo neste último trimestre do ano de 2017 que avança a grandes passos.

Portanto isso não quer dizer que esse irmão, deve permanecer nesse estado. No nível de sua pessoa, ele pode e ele deve se cuidar, que isso seja com o que ele quiser, mas isso não resolverá nada porque não há nada a resolver, há somente a reconhecer a verdade que agora está instalada em cada um de vocês.  Quer vocês tenham sentido as energias, as Coroas, as vibrações, ou quer vocês não tenham vivenciado nada, vocês todos estão nisso sem nenhuma exceção, e mesmo os fantoches e os maus rapazes, no mesmo ponto, qualquer que tenha sido a antecedência.

Tudo é Um, não é suficiente proclamá-lo ou escrevê-lo. Quando vocês o vivem integralmente ? Eu não vos peço para acreditar em mim, eu não vos peço para aderirem ao que proponho, eu vos peço simplesmente para serem o que vocês são, que vocês não conhecem e que vocês reconhecerão instantaneamente. E para aqueles entre vocês que o vivenciaram, seja desde 2012, seja mais recentemente, vocês riem de vocês mesmos, e vocês também podem rir de nós, porque uma vez que vocês reconheceram o que sempre esteve aí, vocês só podem rir, tanto dos vossos sofrimentos como de vossas projeções, mesmo de vossas linhagens, de vossa origem estelar, como de vossos conflitos. Vocês devem estar inteiramente presentes aí onde vocês estão.  Mas eu não disse presentes à vossa pessoa nem presentes a uma história.  Presentes à Presença, é simples.

Repitam essas palavras em circuito na cabeça cada vez mais frequentemente.  Não há necessidade de nada mais, é necessário ao contrário podar tudo o que passa, os conhecimentos, as Portas, as Estrelas, mesmo se vocês as sentem, e Deus sabe que neste momento deve vos fazer sofrer no nível das Portas, hein, mas isso não tem nenhuma espécie de importância.  Quer dizer que hoje torna-se evidente, ou isso vai se tornar que vocês não podem mais se apoiar sobre tudo o que vocês adquiriram, sobre tudo o que vocês vivenciaram. É o fim de todos os marcadores. Não é mesmo mais questão de atribuição vibral ou de tournicoti-tournicota, ou de bem ou de mal. O bem e o mal vocês os têm sob os olhos todos os dias no efêmero. Não há lugar para isso na Verdade, a Verdade de vosso coração, de vossa eternidade.

Então é claro,  há momentos em que é melhor aquietar o corpo para que o Espírito esteja tranquilo, mas isso, vocês têm todas as técnicas modernas, antigas, à vossa disposição. Mas retenham que se vocês ainda estão submissos, não em vossas obrigações, porque aí vocês estão submetidos obrigatoriamente, obrigações morais, legais, que fazem a sociedade, mas o dia em que a sociedade desaparecer, sobre o que vocês vão se apoiar ?  Vocês vão pegar o telefone para chamar os serviços da defesa civil ? Não haverá mais telefone. Como vocês vão fazer quando não houver mais a tela para vos informar do que se desenrola no exterior ?  Mas eu vos disse, isso se desenrola em vocês, e alguns entre vocês sentem essa forma de urgência, e a vivem sobretudo, e outros, pelo contrário,  estão a caminho de se distrair, de tomar os elementos de conhecimento à esquerda, à direita, de querer interpretar os sonhos ou de se projetar em um futuro.

É claro que vocês devem prever, pagar vossos impostos, pagar o aluguel, é obrigatório, mas quem disse que vosso Espírito deve fazer a mesma coisa ?  Todos os últimos hábitos, todos os últimos condicionamentos vos explodem na cara, e é substituído pela Alegria, se vocês a aceitam.  Se vocês não a aceitam, isso será  só sofrimento cada vez mais forte, quer isso seja por uma dor, por uma separação ou pelo que quer que seja do que pertence a este mundo, e isso vai se tornar cada vez mais evidente e aparente.  Vocês não poderão dizer que vocês não tinham sido prevenidos.  Vão diretamente ao essencial, todo o resto apenas vos sobrecarrega.  Isso foi uma ajuda, ainda até há pouco tempo, uma vez que nós insistimos sobre as vibrações, os chakras, os novos corpos, as Estrelas, as Portas, o Canal Mariano e todas essas estruturas que nós evocamos juntos e que vocês vivenciaram.  Não se retardem em tudo o que é percebido, vão além de qualquer percepção, quer ela seja energética, mental, emocional, pessoal, histórica.  E vocês verão que vocês estarão mais leves para fazer as coisas que vocês têm a fazer na Ilusão.

É verdadeiramente, aí não é figurado ou uma ideia, é uma mudança radical de ponto de vista revertendo ao Coração do Coração. E aí não há necessidade de técnicas, não há necessidade de meditação.  As Teofanias são ainda, é claro, uma grande ajuda, mas a Teofania não é uma meditação, não há objetivo.  Além disso, se vocês querem fazer uma Teofania com um objetivo, vocês vão perceber que doravante é muito menos evidente do que se vocês realizam uma Teofania sobre vocês mesmos, se posso dizer, sem dirigi-la, sem controlá-la, deixando-a, aí também, estabelecer-se por ela mesma.  E vocês constatarão então que vocês estão na Paz, que vocês estão presentes e que nada do que existe no passado, em vossas projeções, em vossas crenças, em vossa vida, pode afetar o que está aí. Todo o resto, são as ilusões, todo o resto, são perdas de tempo.

E mesmo se vocês têm a impressão de serem incomodados em vosso corpo por um sofrimento, ou então por um sofrimento na cabeça, por uma dor, por uma separação, por qualquer coisa de difícil, é nessas condições aí que vocês têm, para vocês, a melhor chance de se estabelecerem de maneira definitiva na Verdade.  Isso se faz, como vocês dizem, em um piscar de olhos, e esse vai ser cada vez mais o caso.  Vocês o verão – se vocês não o veem em vocês, se vocês não estão liberados – ao redor de vocês.  Isso já começou, é claro, alguns entre vocês, quando houver as questões orais, poderão testemunhá-lo. É além disso o que nós vemos, dali onde estamos, em vocês, dali onde estamos em vossos céus, não há distância.  A única distância, ela é criada pelos hábitos agora, pelos erros de posicionamento, pelo apego se vocês preferem.  Aceitem todo inesperado que se apresente a vocês, não há melhor maneira de estar nesse famoso instante presente, quer dizer no Coração do Coração.

Então outra questão.


É um testemunho de uma irmã.

Ah, eu amo muito os testemunhos.

Questão : em meados de julho, quando de um banho, tive a sensação de encontrar-me no centro de um tornado. Tudo, ao redor de mim, era ruído e movimento enquanto eu permanecia no coração, no silêncio e na Paz. Eu sabia que enquanto eu permanecesse ali, nada podia vir perturbar essa Paz. Isso me conferiu uma grande alegria e uma serenidade incrível. Eu queria somente partilhar isso.

Eu te agradeço, mas aqueles que vão ler e escutar, eles vão acreditar que eu li as questões antes, não é ? Não é verdade, eu não li nada, mas simplesmente é evidente.  Vocês têm aqui, neste testemunho, a ilustração perfeita do que eu acabei de explicar hoje, depois que eu cheguei.  Então façam a experiência, vocês veem, não há necessidade de meditação, de vibrações, de chakras ou de Coroas, isso se faz espontaneamente. Antes, vocês estavam obrigados, e quando eu digo antes, é antes do mês de julho e agosto, antes deste ano, vocês deviam subir em vibração porque a consciência devia se expandir a fim de tocar o supraconsciente, mas hoje tudo isso, eu diria mesmo, no limite é um obstáculo, e o testemunho dessa irmã é perfeito, é o Tao.

Quando vocês estão no Coração do Coração, vocês veem todas as vidas, as vossas, vocês veem todos os universos, e isso não vos interessa porque vocês não são atraídos. Na Infinita Presença, nos sonhos, em certas experiências, é exatamente isso que se desenrola.  E infelizmente muitos de vocês, assim que há alguma coisa que chega, saem desse estado que justamente permite a manifestação extraordinária do que é visto, percebido em visão, ou vivido com os seres da natureza, para seguir uma história.  Mas tentem permanecer silenciosos, tentem permanecer, não há o que tentar além disso, isso se produz espontaneamente, e não alimentem vossos pensamentos, vossas ideias, vossas recriminações, vossas visões, vossas percepções, uma vez que vocês são além de tudo isso.

E esse testemunho que é muito curto, é exatamente verdadeiro e é exatamente isso que vos é prometido – e que já está aí.  Então vocês esperam o quê ?  O Apelo de Maria ? Vivam, vivam com intensidade o efêmero que vos é proposto, como a Eternidade.  Não separem mais, não dividam mais. Não considerem mais que há interior e exterior.  É isso, o fim das camadas isolantes que se desenrola neste momento, através dos irmãos da Confederação Intergaláctica, através do Sol, através de Sírius, mesmo através dos planetas deste sistema solar, e não somente a Terra.  Vocês sabem que é todo o sistema solar que ascensiona, e vocês todos têm, mesmo se vocês não reconheceram, a possibilidade de viver esse testemunho, a cada minuto.

Ou vocês estão envolvidos pela reação, ou vocês permanecem imóveis no nível do tornado, do ciclone ou da tempestade.  Somente a Verdade está ali. É o que nossos irmãos e irmãs chineses chamam o Tao, é o que está no centro, imóvel, que nós nomeamos o Coração do Coração, que permite todas as manifestações.  Mas é efetivamente necessário que haja um centro da roda para que a roda gire.  É isso que vocês reencontraram. Vocês não são nenhuma das manifestações, vocês são o que está imóvel.  E isso, mesmo o mais malvado dos maus rapazes, quando ele vive, torna-se um rapaz gentil, instantaneamente.  Porque eles, além disso, os maus rapazes, eles estavam em verdadeira resistência e oposição à Luz e portanto no medo, mesmo se eles tinham necessidade de dominar ou de escravizar o mundo, mas assim que eles vivem o Apelo de Maria, vocês pensam que há uma consciência sobre a terra que não vai reconhecer sua mãe ? É impossível.

E Maria, ela já está aí, então distanciem-se de todas essas espiritualidades que querem conduzi-los a uma progressão, em uma evolução, elas são satânicas.  Bidi vos disse que a espiritualidade é a pior das fraudes que existe neste mundo, sim.  A única verdadeira espiritualidade, é reencontrar seu Espírito, não é reencontrar as histórias, não é reencontrar uma melhoria de vossas condições quaisquer que elas sejam, é reconhecer a Verdade, e ela está aí, em cada um.

Então eu te escuto para a seguinte.


É um testemunho de uma irmã, seguido de um sonho.

Questão : semanas que tento abandonar os medos residuais. Gosto de vibrar na Presença Teresa, estar na Alegria do instante, como uma criança que se abandona, confiante na Inteligência da Luz. É mais simples agora soltar e viver o instante presente. Não pedindo nada, não esperando nada mais do que viver esta alegria muito simples, venho compartilhar isto: em 21 de julho, minhas costas endireitaram-se, eu não podia fazer diferentemente  do que me manter bem ereta enquanto que em toda  minha vida eu me mantinha curvada para frente, escondendo e mesmo recusando minha feminilidade. Daí os problemas das costas, quadris, digestivos e também afetivos. Aqui estou então bem ereta, desobstruindo peito e diafragma. Após algumas tensões musculares das costas, um imenso bem-estar instalou-se, físico e também o acolhimento total da minha feminilidade, como se a minha liberação devia passar também pelo corpo físico. É incrível de sentir-se jovem aos 66 anos

Jamais é muito tarde. Não te resta mais do que encontrar os jovens para satisfazer tua feminilidade.  Mas o mais importante, vocês veem, é o segundo testemunho. Vão acreditar que eu paguei os testemunhos se isso continua, mas é exatamente isso, nada mais e nada menos. 

É tão simples, tão infantil. Se vocês têm a impressão de que é complicado, é vosso ego quem fala, não é vocês, portanto vocês estão ainda identificados ao vosso ego.  É um testemunho extraordinário, que a totalidade da terra vai viver no momento da estase, não do Apelo de Maria porque aí há aqueles que não vão estar contentes, mas no momento em que vocês estarão nessa morte e nessa ressurreição, vocês não poderão fazer diferentemente do que vos reconhecer. É o Juramento e a Promessa da Fonte.  Vocês são a Eternidade, vocês são Deus, vocês são a Fonte, vocês são o inimigo, vocês são o curso de água, vocês são os planetas, as estrelas, o Sol.

E nós já temos os testemunhos que ilustram à perfeição a vivência que é para viver neste período.

Se vocês estão sobrecarregados com vosso karma, com o medo de amanhã, com um conflito com o marido ou a mulher, ou a sociedade, vocês ainda estão identificados na história, é assim simples.  Busquem o Reino dos Céus – que não é mais para buscar, que está dentro de vocês – e todo o resto estará aí, quer dizer a Alegria, a felicidade, a beatitude.  Mesmo se vocês têm uma dor insuportável, mesmo se vocês têm um luto insuportável a fazer, não é um paradoxo, é a Verdade que está aí.  E isso começou, eu vos disse, neste verão (inverno do hemisfério sul) com as Teofanias perpétuas, e vocês veem que as irmãs que testemunharam falam de meados de julho, faz dois meses, ou do mês de agosto, e se eu peço os testemunhos como eu o peço hoje para a próxima vez, se há próxima vez, ou no final de nossos encontros, vocês verão que nós teremos muitos.  E eles serão cada vez mais evidentes e formulados nas palavras simples. Vocês veem, não há necessidade de chakras, não há necessidade de Portas, de Estrelas, de dimensões, quando vocês encontram isso.  Isso é o que vocês são.  Todo o resto, é acessório, são os jogos, são os jogos da consciência, os jogos do Senhor como se diz, os leelas do Senhor.

Quando vocês estão assim, é claro que vocês veem o bem, o mal, vocês são capazes de ver o que é harmonioso, o que é desarmonioso, mas como dizia o primeiro testemunho, mesmo no meio do tornado vocês estão em uma alegria que nenhuma palavra pode transcrever. Então é por isso que se pode dizer :  Paz, silêncio, interioridade.  Isto não são ainda senão palavras, o importante é a vivência.  Depois, cada um de vocês traduz por palavras diferentes, mas se vê bem através desses dois testemunhos, e eu penso que talvez haverá outros, é sempre a mesma coisa que é descrita. E como um pintor que vai pintar uma árvore, cada um verá a árvore de maneira diferente, mas todo mundo sabe que é uma árvore.  Da mesma maneira, nos testemunhos que afluem, mesmo se as palavras são diferentes, é sempre a mesma verdade, não há outra.  Todo o resto não faz senão passar e o que vocês são não pode passar.

Vamos, continuamos.


Questão : eu sei que é um presente, que este bem-estar físico está em acordo e em harmonia com meu coração. Eu não posso senão render graças para essa Inteligência da Luz que vem nos acolher quando menos se espera. Tudo é perfeito.

É o que eu disse.  Vocês veem, estou extralúcido. Eu faço os testemunhos e eu termino os sonhos antes mesmo que eles tenham colocado as questões, ou acabado.  É porque é cada vez mais simples. Então é claro que se poderia vos falar ainda durante anos das Portas, das Estrelas, dos circuitos, das vibrações, mas isso não serve mais para nada. E mesmo não serve mais para nada falar dos eventos, eles estão neste mesmo momento. O que é que vocês querem que se diga, qual tempo vai fazer amanhã ?  E quando é que o Mediterrâneo vai  ser invadido, ou quando é que o Atlântico vai esvaziar ? Isso não serve para nada absolutamente uma vez que através desses dois testemunhos, e haverá outros, vocês verão, o importante é o que está aí, todo o resto apenas passa.

« Vocês nunca mais terão sede » disse o Cristo, é a verdade. É o fim da busca, é o fim do sofrimento, é o fim das resistências.  Breve não haverá mais possibilidade de não ver a verdade, mesmo se opondo violentamente. É o que eu disse em minha parábola dos maus rapazes que devem se tornar carneiros, porque quando vocês encontram o que descrevem esses dois testemunhos, todo o resto vos faz rir, mesmo se é patético.  A história das famílias, de crer ter os filhos, de crer ter uma profissão, de crer saber mobilizar as energias, de crer em  vossos contatos e tudo, é tão, como dizem os Americanos, « amendoins », não é nada em relação à Verdade. Isso não chega mesmo ao tornozelo da Verdade, e tudo isso, está acessível em totalidade.

Então continuamos.


Questão : dois sonhos dessa mesma irmã : estou em uma casa, uma enorme tempestade sacode os muros, o teto. Eu me sinto guiada para a parte mais antiga da casa, os muros são de pedra e o telhado em fibracimento.  O telhado  se solta e eu me encontro tomada pelo vento e a chuva. Uma grande nuvem branca está exatamente em cima, um cesto branco se destaca e se estende para mim. Eu estendo a mão direita para segurá-lo, meu pequeno cão apertado sob meu braço esquerdo. Sou imediatamente levada, elevada para a Luz, e estou muito aliviada, tenho somente de não soltar meu pequeno cão pois ele é pesado.  O ser de Luz que me guia ri alegremente e me diz para deixá-lo pois ele também está plenamente acolhido nessa plenitude. Eu desperto feliz.

Oh é exatamente a mesma coisa. Esse sonho é perfeito, porque tudo o que vocês mantém vos mantém. Que isso seja vossos filhos, vossos pais, vossas profissões, vosso marido, vossa mulher, vosso carro, vossa casa.  Se vocês soltam...é claro o ego vai dizer : É necessário uma certa manutenção, é necessário gerir o orçamento, é necessário gerir a casa, é necessário gerir os filhos. Mas o fato de soltar não se passa nas circunstâncias de vossa vida, jamais isso foi dito. Há apenas o ego que pode compreender assim. Isso se passa lá. (Nota do redator: o coração). Deixem as coisas serem, deixem ser o que vocês são. Não há necessidade de vocês para ser, enquanto pessoas. E esse sonho ilustra ao mesmo tempo o testemunho, e o sonho dessa mesma irmã, ilustra exatamente o processo, o mesmo processo e a mesma verdade.


Questão : segundo sonho : eu caminho por um caminho escarpado na montanha. Estou impaciente para chegar ao topo que eu vejo ao longe. O tempo parece  longo e imediatamente sou tranquilizada. Dizem-me :  « Você fez o mais difícil, olhe, você está acima das nuvens. »  Eu constato que as nuvens, espessas e cinzentas, estão mais baixas e que já aproveito o sol. Sinto vindo de cima uma potente alegria. Tenho então desejo de rir, meu coração se expande, estou feliz.

É a mesma coisa que o outro, precedente, dito em uma outra... Há ainda restos de pessoa que pensa que há um caminho a percorrer e o ser de Luz ou não sei mais que lhe diz : « Olhe, você está acima das nuvens, você vê o topo », e mesmo se há a impressão de uma distância, você a fará com facilidade, lhe diz o Anjo que intervém.  É exatamente assim que tudo se desenrola, não em um futuro mas a partir de agora se vocês o desejam. Não há nada a prever, não há nada a organizar, não há nada a ritualizar, não há nada a simular.  E vocês o veem, isso se torna cada vez mais evidente.

Então continuamos


***


Tradução do Francês: Ligia Borges
PDF (Link para download) : AMO - Parte 1A - Q / A - Setembro 2017

5 comentários:

  1. Vocês estão no período final da revelação do que vocês são, do que é este mundo, do que são as dimensões e de onde está a Verdade.

    ResponderExcluir
  2. tenham-se prontos para o inesperado, tenham-se prontos a tudo o que vos foi anunciado, não somente por nossa voz, mas por todas as profecias, porque todas, sem nenhuma exceção, correspondem aos tempos atuais, e sobretudo no último trimestre do ano 2017.
    Grato Ligia
    Rendo Graças

    ResponderExcluir
  3. E essa verdade, ela não se acompanha de história, de karma, como vocês sabem, mas hoje é cada vez mais verdadeiro para cada um de vocês e sobretudo para aqueles entre vocês, irmãos e irmãs, que não vivenciaram nada, que não acreditam em nada, porque é aí que vocês estão mais disponíveis para o presente e para vossa Presença.

    Lembrem-se do que muitos sábios disseram : tudo o que deve chegar chegará, o que quer que vocês façam, tudo o que não deve chegar não chegará, o que quer que vocês façam.

    Mas hoje, cada um entre vocês assim que depositam seus fardos aos pés do Cristo, ou de Buda, se preferem, ou de Maomé ou de quem vocês quiserem, não importa. Assim que vocês aceitam soltar, a Verdade brilha literalmente.

    Mas retenham que se vocês ainda estão submissos, não em vossas obrigações, porque aí vocês estão submetidos obrigatoriamente, obrigações morais, legais, que fazem a sociedade, mas o dia em que a sociedade desaparecer, sobre o que vocês vão se apoiar ? Vocês vão pegar o telefone para chamar os serviços da defesa civil ? Não haverá mais telefone. Como vocês vão fazer quando não houver mais a tela para vos informar do que se desenrola no exterior ?

    Aceitem todo inesperado que se apresente a vocês, não há melhor maneira de estar nesse famoso instante presente, quer dizer no Coração do Coração.

    É o Juramento e a Promessa da Fonte. Vocês são a Eternidade, vocês são Deus, vocês são a Fonte, vocês são o inimigo, vocês são o curso de água, vocês são os planetas, as estrelas, o Sol.

    Vocês veem, não há necessidade de chakras, não há necessidade de Portas, de Estrelas, de dimensões, quando vocês encontram isso.

    « Vocês nunca mais terão sede » disse o Cristo, é a verdade. É o fim da busca, é o fim do sofrimento, é o fim das resistências.

    Não há nada a prever, não há nada a organizar, não há nada a ritualizar, não há nada a simular.

    Grato pela maravilhosa mensagem e pela tradutora.
    Paz a todos!
    :-)

    ResponderExcluir
  4. Em paralelo com as palavras de OMA nesta última mensagem, acrescento dois trechos de canalizações anteriores, que ressoam com os momentos atuais. Para mim, são grandes aconselhamentos que nos servem como incentivos, amorosos estímulos, principalmente quando os eventuais resquícios de dificuldades se apresentarem ainda diante de nós durante esse maravilhoso processo de Abandono à Luz.

    ...................................................................................

    “O efémero é a tristeza, é a cólera, é o tempo alterado, são as contrariedades, e quando estais na Teofania, no coração, apenas há a Alegria, nada mais. Compete-vos escolher. Mas muito em breve, esses apelos, essas injunções da Luz, como lhes tenho chamado desde há algum tempo, vão-se tornar gritantes. Não podereis mais adiar, por exemplo, para esperar mais uma hora ou até ao dia seguinte, por não terdes aí tempo, por terdes outra coisa a fazer. Já vos foi explicado quer dizer, que os apelos, as injunções da Luz tal como isso foi nomeado, vão tornar-se cada vez mais contundentes, colocando-vos face a uma escolha. A escolha de continuardes no efémero com as suas contradições, ou de permanecerdes na Teofania do vosso coração, na beatitude, ou, se assim preferis, no Coração do Coração.” (O.M. Aïvanhov - Parte 2 - Q/R - Junho de 2017)

    “É preciso arranjar tempo que baste para a vossa pessoa. Este tempo que baste não se apresenta necessariamente como prazer: é ter tempo para não fazer nada, para ser preguiçoso. (...) a coisa mais útil agora é a mandriice.(...) Ser preguiçoso quer apenas dizer estar no Aqui e no Agora. (...) Sede preguiçosos; a aceitação virá por si. Ocupai-vos do que há a fazer, mas, mesmo ocupados, deixai de lado o sério. Sede leves, alegres, mesmo que as circunstâncias não sejam de forma alguma alegres - e, sobretudo, se elas o não são. (...) Ou sois densos ou leves. Ou a vossa alma existe, e vos puxará cada vez mais para a matéria, ou ela se reverteu e vos aligeira cada vez mais. É um mecanismo puramente mecânico. Não é quântico (...). As Teofanias, as que passaram e as que hão de vir, permitiram a muitos descobrir o observador e compreender que não éreis o vivido no seio do efêmero.(...) Assim, com estas palavras avisadas, pelo menos assim espero, passo a desejar-vos uns bons ataques de preguiça, de aceitação e, sobretudo, de Alegria. A Alegria, como foi dito, é a prova da vossa liberdade. (...)” (OSHO – julho de 2017)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz parte se tornar preguiçoso, no aqui e agora deixamos O ETERNO AGIR, TOMAR A DIANTEIRA DE TUDO, tudo é amor, e amor procura cada vez mais espaço, portanto como disse OSHO... É um mecanismo puramente mecânico. Não é quântico.

      Excluir