OMA - Parte 1B - Q/R - Setembro 2017


OMA - Parte 1B - Q/R - Setembro de 2017
Mensagem de 16 de setembro de 2017 (publicada em 03 de outubro)
Origem francesa – recebida do site Les Transformations


Áudio da Leitura da Mensagem em Português - por Noemia
Clique aqui para fazer o download do áudio



Questão : sonho do início de julho : estou ao lado do motorista mas sou também o observador da cena. Nós rodamos à noite sobre uma linha reta, eu assinalo ao condutor que ele roda sem faróis e que deveria acendê-los. Há uma curva à esquerda e seguimos reto. Eu me digo : « Acabou », porque abaixo, é o vazio. Desperto sem emoção, como se eu acabasse de ver o fim de um filme.

Eh pois é, é o fim do filme, é exatamente isso. Portanto esse sonho não pede explicações.  A Luz, é você mesmo, e mesmo se a curva não é vista, você não está morta, você despertou.  É exatamente o que se produz também para uns e os outros em vossa vida. Há curvas que foram seguidas, para alguns entre vocês às vezes de maneira importante, independentemente de vossa vontade, ou então por vossa vontade, mas não é grave, a Verdade está aí. Eu não posso dizer melhor do que isso. E tudo o que está submetido, para o momento, como sonhos, como testemunhos, vai exatamente no mesmo sentido. Uma vez que na Eternidade, não há veículo, não há carro, não há necessidade de estrada, nem de curva, nem de linha reta, tudo é instantâneo uma vez que não há tempo. E não há necessidade de Luz que ilumina o que quer que seja porque a iluminação está no interior, não há nada a projetar no exterior.

E todos os sonhos que nós tivemos desde o início tendem para isso. Mesmo quando eu falei ainda de pessoa presente, porque a pessoa não sabe mais para quem ou para o quê se voltar.  Portanto ela gira não em volta, tem a impressão que é o tornado, o furacão, e ela constata que apesar de tudo isso, ela é imutável, no caso precedente. E aí há a mesma coisa, há o despertar. Quer dizer que a estrada... a curva não foi seguida porque os faróis não estavam acesos, e todavia esse irmãos ou essa irmã viu a curva e nesse momento ela desperta. São apenas as animações e os jogos, mas não serve para nada acreditar no que eu vos digo, é necessário vivê-lo. Caso contrário, vocês não têm a prova, vocês estão ainda nas crenças.

Mas ainda uma vez, cada um entre vocês, de onde quer que tenham vindo, quer dizer tendo seguido os caminhos vibratórios, os ensinamentos de tal movimento ou de tal religião, atravessem tudo isso.  Vocês não dependem de nada nem de ninguém, nem mesmo do fim dos tempos, nem da morte desse corpo, e se vocês aceitam isso e o vivem, instantaneamente vocês se encontraram. E o que dizem todos esses testemunhos, e haverá outros irmãos e irmãs ao redor de vocês, como aqui.  Quando vocês encontram essa Alegria, não pode mais haver a menor interrogação.

É claro pode haver uma interrogação, por curiosidade, pelos sonhos, porque vocês veem, essa pessoa, e o irmão antes ou a irmã antes, estão livres.  Isso não impede de jogar o jogo até o fim do jogo, mas vocês não estão mais implicados, vocês não são mais afetados. Vocês viram a Verdade, vocês não podem mais ser descentrados, desequilibrados, ou atraídos para as projeções da consciência quaisquer que elas sejam.  Se vocês vão na natureza, mesmo se vocês sabem que os dragões, o elfo, o gnomo ou outros estão lá, o que é o mais importante, não é trocar, vê-los, é viver o que é para viver, que vos reforça na Verdade.  É a mesma coisa em vossa vida, é a mesma coisa onde quer que vossos olhos se coloquem na tela deste mundo como na tela interior.

Continuamos.


Questão : sonho: estou em uma peça, um homem desconhecido vem me falar, mostra-me uma foto de sua mulher e sua filha, me dá seu passaporte e se vai. Eu me encontro em uma rua e busco um lugar que eu não encontro. Eu levo uma espécie de toga dos tempos bíblicos. Vou cantar em uma colina florida e isso cria um templo branco cristalino ; realizo que eu carrego esse poder criador. Eu continuo e encontro ruínas. Uma mulher me convida para entrar e descubro uma catedral esculpida na terra cujas fundações estão desmoronadas, uma única janela deixa passar a luz. Eu quero sair mas a mulher me trancou. Eu bato na janela para pedir ajuda, e o homem do início do sonho vem ao meu encontro.  Nesse momento, eu vejo a porta e o cadeado dentro, eu o abro e me digo « todas as chaves estão em mim ». Estou em um jardim, devo me apressar para não me atrasar, mas duas mulheres me bloqueiam a estrada. Elas emitem, entre suas mãos, uma forma geométrica cujas linhas são fios de aranha, com uma grande aranha no centro. Eu não posso avançar pois tenho medo. Eu desperto.

Então aí, essa pessoa vive em seus sonhos a Liberação. Porque a cada vez que há medo... Há pouco, era sair da estrada, aí é a aranha.  A aranha é o quê ? Quando se diz uma aranha no teto, é o mental que tournicota na cabeça, são as pequenas bicicletas, como eu disse.  Ela tem medo de seu próprio mental mas no entanto ela está desperta, e ela se desperta, portanto ela vê os jogos. Não é suficiente explicar e dizer que ela ainda tem o mental. Bem evidentemente ela o tem, porque ela busca uma justificativa, mas todavia o trabalho foi feito. Ela localizou, essa pessoa, que a Verdade está ali. E vocês observem que a cada vez, os sonhos precedentes e este, isso termina por um despertar, portanto o que dá medo não é real.

A aranha não é senão a representação de vossa aranha no frasco, quer dizer vocês tecem as telas e vocês são prisioneiros em vossa própria tela. Aí está como eu poderia explicá-lo antes, mas agora eu vou mais longe uma vez que isso corresponde verdadeiramente. E vocês verão que haverá muitos sonhos assim, ou os sonhos da liberdade, ou então ao contrário dos sonhos de confinamento e a ajuda intervém e se vê que a porta está aberta, como para a catedral, e tudo isso, o que é apenas cinema. Então eu não vou refazer, como disse Bidi, a história do teatro, do espectador, do ator, e que não há teatro, mas é exatamente isso que vocês vivem doravante.  E a cada dia vocês serão mais numerosos a vivê-lo, quer vocês o queiram ou não.

E isso muda a vida, porque mesmo se o resto dos hábitos de medo como para a aranha, aí, o coração é encontrado, portanto tudo isso desencadeará muito rapidamente uma gargalhada diante de sua própria estupidez para cada um entre vocês.  É inelutável. E aí vocês poderão rir porque vocês se verão tal como vocês eram antes, em vosso ego, em vossos medos, em vosso personagem desconfortável, confinado, e eu sempre disse, lembrem-se, o medo ou o Amor.  Então é claro que vocês verão o medo mas vocês não têm mais de ver a história de vosso medo, mesmo se às vezes é possível. Simplesmente, o simples fato de viver esse Amor no coração põe fim ao medo.  Vocês rirão de vossos próprios medos, se isso já não é fato.

Então é verdadeiro que o período que se prepara já desde o mês de março, e que doravante se acentua, pode parecer, em um primeiro tempo, paradoxal, até mesmo desconfortável, uma vez que vocês vivem o coração – mesmo se não é constante, vocês sabem que é a verdade – e a tela de vossa vida vai vir vos provocar, com os acidentes (porque é necessário colocar o corpo em repouso), com um marido ou uma mulher que se vai assim (porque é necessário vocês estarem livres para viver isso). Isso não quer dizer que vocês vão perder quem quer que seja ou o que quer que seja, no nível das pessoas  hein, não no nível do trabalho, porque isso, o trabalho, breve vocês não saberão mais o que isso quer dizer sobre a terra.  O único trabalho será o trabalho de ajuda e serviço. Nesse momento, sim, se poderá falar de missão, pode-se dizer, durante os 132 dias, mas para o instante, esqueçam todas as missões, hein. Desbastem cada vez mais, cortem tudo o que passa, vão à vossa essência, vão ao Paráclito, ao Impessoal.

Ah eu creio que isso será evocado pela Fonte e talvez por Uriel nos próximos dias, de maneira muito mais vibral, se posso dizer, e de maneira clara, mas eu preparo o terreno também.  Não há mais história que se mantenha, não há mais álibi que vocês possam colocar diante para ignorar o que vocês são. Vocês veem ? Então, continuamos, após o sonho da aranha.


Questão : tive esse sonho há 30 anos impressionou-me fortemente : saio de um restaurante com meu marido e duas pessoas da família, na parte baixa de uma rua que sobe. As pessoas correm em todos os sentidos para evitar as grandes pedras que caem do céu. Eu levanto a cabeça e vejo à esquerda um enorme planeta cinza-ocre com crateras, que ocupa quase dois terços do céu. Tenho a sensação que levantando o braço, eu poderia tocá-lo.  A rua agora está deserta. Começo a subi-la e vejo à direita uma plataforma suspensa ; acima, dois homens e uma mulher vestidos de branco, como com aventais de médicos. Eu sei que eu não devo ir para eles. Eu continuo a avançar no meio das pedras que caem, nenhuma me toca. Estou confiante. Eu desperto.  No momento em que eu tive esse sonho, pensei em meteoritos ; o que você acha disso, face à Luz que se vive hoje ?

Oh, há ao mesmo tempo elementos efetivamente premonitórios, isso foi vivenciado há 30 anos, eu creio hein, esse sonho, portanto aí tinha mesmo, como eu vos disse que havia os irmãos e as irmãs que têm os sonhos de tsunamis desde mais de 20 anos, é perfeitamente normal. E contudo os tsunamis, não houve muitos ainda. Houve um há muitos anos, era em 2004 eu creio, mas é tudo, os outros tsunamis não deram importância extrema.  O que é importante, é que tudo isso está escrito, e se está escrito, quer dizer que isso não é verdadeiro. Então todos aqueles que ainda colocam diante o livre-arbítrio, o karma, vocês vão conseguir se restaurar rápido, hein, porque se as pessoas, e os irmãos e as irmãs, sonham tsunamis desde 20 anos, e os sonhos de liberação que se tem, e sobretudo as vivências que vão ser cada vez mais importantes, vocês têm a impressão de serem os fósseis. Vocês se protegem. Vocês têm medo da Verdade, vocês têm medo de vossa eternidade. Então é claro, vocês vão dizer que vocês são seduzidos pela matéria, que vocês têm necessidade da matéria, mas isso prova apenas uma coisa : é vossa ignorância total da Verdade, quaisquer que tenham sido vossas experiências.

Ainda uma vez, alguns sonhos e testemunhos que nós tivemos até o presente vos mostram que uma vez que o coração é vivido, não pode mais haver a menor dúvida.  Quando eu digo que o coração é vivido, não é somente ter o Fogo no coração ou a Coroa radiante, é viver o Coração do Coração, quer dizer a Infinita Presença ou a Morada da Paz Suprema. Quando vocês reencontraram o que vocês são, como o que pode se desenrolar em outras dimensões, em vossa vida, pode apresentar o menor gancho ?  Isso não quer dizer que vocês os recusam, mas vocês não são mais afetados.  É exatamente a mesma coisa que está descrita aqui. Então eu não iria mais longe na explicação, mas é... Vocês veem, há uma tonalidade comum que não existia ainda há três meses, e todavia não são sonhos de hoje, mas simplesmente porque esses sonhos tidos em um passado que não existe, estão atualizados hoje porque eles correspondem, no nível de vossos sentidos e de vossas percepções, como de vossos intelectos e de vossas emoções, à realidade do que se desenrola.

E lembrem-se também que nós vos dissemos todo o tempo que cada um estava em seu bom lugar.  Não vão aborrecer aquele que dorme, não vão desviar aquele que está na crença, qualquer que ela seja. Não é mais tempo de fazer mudar quem quer que seja, porque senão, vocês não respeitam o livre-arbítrio de cada um e a liberdade de cada um de jogar seu jogo e seu papel até o Apelo de Maria.  E eu o digo, eu já vos disse no início da intervenção, eu repito, mesmo se é figurado : « ocupem-se de vossos traseiros, de vosso coração », e todo o resto decorrerá daí. O serviço a prestar ao outro, o papel que eventualmente vocês poderiam ter após o Apelo de Maria, não se preocupem com isso.  Isso não chegou, mesmo se vos foi mostrado em sonho ou se vocês tiveram a visão disso. O essencial não está aí.

Vosso presente não pode mais ser explicado segundo a linearidade do tempo, e isso vai se tornar cada vez mais evidente. Assim que vocês buscam explicar, compreender, resolver, vocês constatarão que as coisas vão se reforçar.  É necessário deixar a Luz trabalhar, mesmo se vocês têm atos a apresentar, ações a conduzir, mas façam de um outro ponto de vista, e além de qualquer urgência, deixem o coração ser.

Cada ocasião de vossa vida, cada dia que vai passar e que vai vos levar...a cada dia, cada vez mais para o fim deste ano, vai ver mudanças consideráveis na consciência, nos modos de funcionamento. É claro, eu não falarei mais dos eventos exteriores. Eles estão aí sob vossos olhos, não serve para nada dizer alguma coisa que já está aí, nem mesmo antecipar o que vai chegar.  A sequência não será senão a amplificação do que vocês viram desde o mês de agosto.  Ah, e quando eu digo amplificação,  é uma sobremultiplicação, é exponencial doravante.  Contentem-se de constatar o que está aí, e mesmo em vossa vida.  Para o instante vocês ainda têm a possibilidade de talvez querer mudar alguma coisa, breve vocês não o poderão mais. Falou-se há pouco da co-criação consciente, é exatamente isso.  Nós vos prevenimos tanto em junho como em julho, vocês exercem em tempo real a co-criação.  Portanto atenção aos vossos pensamentos, atenção às vossas projeções, aos vossos desejos.

O que não quer dizer que não é necessário ter o desejo de viver, bem ao contrário, mas nesse desejo de viver, sigam, nós vos explicamos também, as linhas de menor resistência, aí onde é evidente, e vocês verão que vossa vida se tornará uma graça permanente.  Mas se são vocês que querem agir, resistir, oporem-se ao que quer que seja ou a quem quer que seja, vossa vida vai se tornar um inferno, muito simplesmente.  Mas ainda uma vez, não é uma punição, é a Inteligência da Luz que criou essas condições porque  aí não há uma melhor para descobrir, se não está feito, o que vocês são.  Então não mais nos jogos da consciência através de vossas origens estelares, vossas linhagens, vossos contatos com os povos da natureza, mas no silêncio de vosso coração. Portanto vocês verdadeiramente entraram na fase última, as últimas Trombetas antes que elas se tornem coletivas sobre a terra. Todos os selos foram abertos.

Então da mesma maneira que eu os incitei a reler o Apocalipse de João, na época, há mais de dez anos, quase dez anos, era de maneira vibral, e neste ano eu vos disse, de maneira literal, mas nesta maneira literal, aí também, a ordem cronológica do que é descrito por João não é necessariamente respeitada, como aliás eu coloquei os pontos nos « i » em relação ao que disse o Arcanjo Anael sobre o desenrolar cronológico dos eventos.  Todos esses eventos chegam e estão em curso, mas não necessariamente no mesmo sentido – mas eles estão todos aí. Eles se desenrolam em vossa carne, sobre a tela do que vocês veem. 

Vamos, outra questão.


Questão : um sonho : estou na casa de minha avó materna e durmo no quarto que era de minha mãe. Sobre a cama de lado, uma grande mala está aberta, bem cheia. Eu não vejo o conteúdo pois por cima, um muito belo vestido branco está estendido, feito de um único pedaço, sobre o lado esquerdo, uma grande flor magnífica. Ela não está costurada mas é parte integrante do vestido, como enganchada ao mesmo tempo que o vestido, tudo de um único pedaço, sem costuras. Esse sonho é muito agradável, eu me sinto bem. No dia seguinte, tive exatamente o mesmo sonho.

Bem. O vestido branco, é o corpo de Existência, ele te foi mostrado duas vezes.  O corpo de Existência, você sabe que há coisas por baixo mas você não se ocupa disso porque você sabe que esse vestido é tão belo que é a Verdade. O fato de que isso te foi mostrado duas vezes...e isso se passa, se minhas lembranças estão boas, no sótão, é isso ?


Questão : não, em um quarto.

Em um quarto, ah é de fato semelhante.  O quarto, é claro, é o lugar onde se dorme. Não é a cabeça, não é o coração, porque o coração é representado, na casa, pelo salão, com a lareira, a chaminé ou o aquecedor.  O quarto, é o lugar do repouso, é o lugar em que se sonha, é o lugar em que se está deitado. E isso se passa no quarto, quer dizer que o retorno do corpo de Existência se faz durante a noite, quer dizer no momento em que você não está consciente em meio à pessoa. É o que eu expliquei também, quer esse sonho seja recente ou antigo, ele traduz que todos os corpos de Existência, quase, estão presentes, quer vocês o sintam, quer vocês o vivam ou não. É isso que prova, se vocês querem, independentemente do que nós vemos, nós, no céu profundo, que explica a chegada de Hercólubus e o fim da volta que foi feita há pouco mais de um mês, um pouco mais mesmo, atrás do Sol.

Portanto aí também, esse sonho anuncia a Ressurreição, ele anuncia a Eternidade. Ele anuncia o retorno à Infância, o vestido branco, é claro há um bordado, eu creio, ou um desenho que está incluído.


Questão : uma grande flor no lado esquerdo.

Aí está, a flor do lado esquerdo.


Questão : e era o quarto de sua mãe.

Sim é claro, pouco importa o quarto. O quarto da mãe, é claro que remete à Maria nesse caso, não à mãe da terra mas à mãe do céu, aquela que tornou possível, em todo caso nesta parte do universo, a experiência da matéria mas que, infelizmente, se fez ligeiramente... como vocês dizem, não enganado mas um pouco boicotado pelos Arcontes.  Mas bem, como vocês o sabem, todo ato de criação, que isso seja em um planeta como em vossa vida, vocês devem assumir as consequências até o fim.  Vocês são responsáveis por vossa criação; é exatamente o que faz Maria hoje. Ela veio como Maria, mãe do Cristo, mas ela retorna agora para concluir a experiência com vocês.

Portanto aí, o quarto que seja o quarto da mamãe remete inexoravelmente, não à hereditariedade mas ao que manteve como papel de Maria na encarnação, quer dizer a mamãe da terra.  Aí está o que é dito neste sonho. E a flor à esquerda significa o quê ?  Então, não é unicamente nos países exóticos, segundo que a flor está à esquerda ou à direita. Essa flor, ela está do lado esquerdo, ela está do lado mariano, do Canal Mariano. Onde quer que ela esteja situada, aliás, ela faz referência e ela remete à Liberdade.   A flor está sobre o vestido, ela poderia estar, como eu disse, em alguns povos, no nível das orelhas ou além disso, e como é moderno, poderia se dizer que era mesmo uma flor tatuada, é a moda.

Vocês sabem, neste período em que a Luz está instalada, e não mais somente em emanação e em emergência, absolutamente tudo é significativo. Não para vossa pequena pessoa, uma vez que mesmo, eu vos disse que quando vocês encontram o que vocês são, não há mais nenhum interesse pelas questões, quaisquer que elas sejam.  Isso, é tão gratificante, se posso dizer, em termos humanos, que todo o resto torna-se totalmente supérfluo. E aí onde eu quero chegar, é que aí também, no nível dos sonhos, no nível das imagens, no nível das percepções, tudo o que é visto e percebido vos remete ao arquétipo que está além da manifestação, quer isso seja um sonho ou uma vivência. É isso que é necessário ver. Vão ao essencial. 

Outra questão.


Questão : antes do Natal 2016, tive um acidente com uma fissura do lado esquerdo da bacia, com uma hemorragia interna e grandes dores. As visitas de uma enfermeira e as discussões com uma pessoa próxima fizeram-me interessar pelo  meu ser interno e procurar a paz, e abandonar o que é passageiro em minha vida. Aquilo provocou uma profunda mudança em mim e vejo a vida diferentemente. Ao longo da minha vida, tive vários acidentes, porque aquele me mudou?

Mas é a mesma coisa que eu disse desde o início deste ano. Mesmo um acidente, vocês veem o testemunho, é alguma coisa de dramático, há uma hemorragia interna, houve fraturas, houve portanto uma recuperação, uma hospitalização, e foi o choque que provocou a transformação. É assim que a Luz age hoje para aqueles entre vocês que ainda têm  a cabeça um pouco dura. Então se para a Liberdade, para encontrar vossa liberdade, é necessário que o marido ou a mulher desapareça, isso se produzirá, mesmo se não há nenhuma razão. É semelhante para os acidentes.

Agora, a repetição dos acidentes à medida dos anos, não é senão a repetição do chamado da Luz, que se repete enquanto vocês não compreendem. É o que eu vos disse desde o início deste ano, e vocês o tem verificado em vossos corpos, que as patologias tornam-se cada vez mais inflamatórias e brutais. Que isso seja através das quedas, dos acidentes, que isso seja através das doenças que aparecem assim brutalmente, dos sofrimentos que aparecem brutalmente, é o que é feito para vos despertar, definitivamente.

E ainda uma vez, tudo isso não é necessário, mas para alguns irmãos e irmãs, isso lhes parece evidente, além disso é dito dessa maneira. E aí a irmã pergunta por que isso não se produziu com os outros acidentes anteriores ? Muito simplesmente porque não era o momento, ou o choque não foi suficiente.  Vocês sabem, Sri Aurobindo falou das cinco etapas do Choque da humanidade.  Esse choque, vocês o vivem todos os dias em relação a inumeráveis coisas e não somente em relação à Luz.  A primeira vez, vocês não compreendem, a segunda vez vocês se colocam questões, a terceira vez, vocês tentam resolver e compreender ainda mais, e depois no fim vocês deixam estar. É exatamente o processo que essa irmã descreveu.

E a oportunidade, se posso dizer, que vocês têm, neste fim dos tempos, é que vos é dado assistir à sobreposição, à dissolução do efêmero ao mesmo tempo em que a Eternidade aparece e se instala. Tudo conservando para o instante... vamos, vamos dizer os dois personagens.  O que está além do personagem que viu que não havia teatro, como disse Bidi, nem observador, nem espectador, nem ator, e ao mesmo tempo ser o ator, coisa que era impossível. Mesmo para os maiores santos e os maiores místicos, antes dos anos oitenta, era impossível.

A Luz veio do exterior antes de conscientizar que ela estava no interior de vocês, é isso que faz a diferença, e vocês veem que todos os sonhos e testemunhos que nós temos hoje, que eu não selecionei, hein, eu especifico, vão exatamente nesse sentido. Então é claro, eu poderia me demorar, como fiz sobre a cor do vestido, há pouco, ou sobre os testemunhos que foram trazidos para melhorar. É isso, a Inteligência da Luz. É isso antes do Apelo de Maria, e que será bem atualizada após o Apelo de Maria, do Juramento e da Promessa ; vocês reencontram o que vocês são.

Outra questão ou outro testemunho, ou outro sonho.


Questão : para não fechar novamente o livro sobre uma falsidade, desejaria saber se é verdadeiro que Jesus viajou e estudou na Índia antes da sua missão, se ele passou nove anos  no Monte-Carmel após a sua ressurreição, se ele voltou em seguida à Índia, e se o seu túmulo está em Srinagar na Caxemira?

Então eu vou te responder : sim. A maioria dos elementos é verdadeira, mas ainda é da História. Você está apegado à História, à uma interrogação, se você quer, sobre o fim da história e que era o Cristo, ao invés de viver o Cristo do interior. Vocês podem ler todos os livros do mundo, não é, mesmo os escritos ditos sagrados, vocês podem ter o conhecimento de todos os mistérios e de toda história, isso não vos fará mover uma vírgula. Isso fará mover vossa cabeça, vocês vão aderir a outra coisa, mas o coração jamais será encontrado.  Então sim é verdadeiro, e de um outro lado, eu posso te dizer que isso não serve para nada hoje. Saber isso apenas satisfaz o ego. Eu, o que eu quero agora, é que vocês estejam satisfeitos do coração e de nada mais. E por isso que eu vou estar mais alegre mas mais direto, vou dizer. Vejam, e eu já disse, mas de maneira ainda mais evidente, que através dos sonhos, das questões, dos testemunhos, há todos os ingredientes do que vocês são e de onde vocês estão.

Aí está, portanto respondi a essa questão que é uma curiosidade intelectual uma vez que, que o Cristo tenha viajado, que ele retornou à Índia ou não, o que é que isso vai mudar em teu coração ?  Absolutamente nada. Portanto ver o que há por trás da questão; esse desejo de saber, que de fato não te aproximará em nada de teu coração, é uma necessidade de se tranquilizar. Se você quer encontrar o Cristo, o Cristo está em você. Ele já bate à porta, vocês o têm vivenciado nesses anos precedentes. Ele vem como um ladrão na noite; na escala individual ele já está aí, ele sempre esteve aí. Não há diferença. Não se apegue à história mas à realidade da Presença, para você como para o Cristo.

Portanto eu te respondo « sim » mas eu te digo que isso não serve para estritamente nada absolutamente, e eu diria mesmo que é um peso suplementar colocado sobre teu coração. Então eu sei bem que entre vocês, há aí cada vez mais numerosos que, devido ao desaparecimento dos véus pessoais, percebem e veem cada vez mais coisas invisíveis, é evidente, mas não parem na manifestação, não mais. Mesmo se é muito lógico, eu diria, exercer uma forma de curiosidade sobre algo que é inédito, novo, ou mais visível, mas de graça não se demorem nisso. Aceitem vivê-lo mas vão sempre mais longe, se posso dizer, sem se deslocar, deixem vir a Luz. Acolher a Luz, como eu disse, é acolher tudo o que vem. Isso não é compreendê-la, isso não é explicá-la, é ultrapassar a fase de explicação, é integrá-la em si a fim de retornar de maneira cada vez mais evidente à Verdade.

E não esqueçam que vosso ego, mesmo purificado e mesmo transcendido, estará aí até vosso último sopro sobre a terra. Então eu sei pertinentemente que em minha vida, eu falei da purificação da consciência que muitos mestres, em particular no Oriente, liberados, vos evocaram tudo isso, mas não é mais mesmo o tempo.  Não há mais distância entre o efêmero e o Eterno, é mesmo a dissolução do efêmero.  O coração está cada vez mais presente. Vocês vão ver cada vez mais irmãos e irmãs ao redor de vocês, que todavia não vivenciaram o fato de serem chamados com as Coroas da cabeça, com o Nada, ou com a Onda da Vida, que vivem isso espontaneamente e naturalmente.  Os últimos serão os primeiros.

Outra questão.



Questão : após ter tido as costas muito trabalhadas pela Luz, tive a nítida percepção de um pilar de Luz. Essa sensação dissipou-se e não retornou, por outro lado minha consciência não reverteu. Tenho duas perguntas: os pilares de Luz levam um certo tempo para se  instalar?

Sim, é efetivamente variável segundo cada irmão e irmã, mas quando o pilar de Luz é percebido, vivido, da mesma maneira que vocês não têm necessidade de colocar vossa consciência sobre o fato de caminhar para dar os passos, vocês não têm necessidade de colocar vossa consciência sobre esses mecanismos de Luz que são a restituição de vosso corpo de Existência. E é a mesma coisa que para o caminhar, uma vez que o aspecto « novo » é ultrapassado, isso se torna totalmente automático, como caminhar. Então a questão era o quê ?


Questão : os pilares de Luz levam um certo tempo para se  instalar?

Isso depende... sim eu respondi, isso depende das circunstâncias que são encontradas. Mas nesta fase de finalização, o que é importante de compreender, e de viver, é que a maioria desses processos se fazem sem atraso. Quer dizer que mesmo nesse nível, a linearidade inexorável da dualidade confinada tem cada vez menos domínio sobre vocês.  Isso quer dizer o quê ? Isso também quer dizer que vocês vão ver os irmãos e as irmãs que rejuvenescem. Também já houve testemunhos sobre isso, com as costas que se endireitaram. É preciso fazê-lo, para mais de sessenta anos, hein. Portanto vocês veem que nada é impossível para a Luz.  Mas atenção, jamais foi dito que a Luz ia resolver todos os vossos dodóis ; bem ao contrário, em certos casos ela pode provocar um dodói. E não é uma punição, é uma iluminação, e é a única maneira, quando isso vos chega, para vocês, de descobrir a Verdade e de reencontrar a Verdade.

Então nós escutamos a seguinte.


Questão : a reversão da consciência ela é obrigatória quando o pilar é instalado ?

Eh, eu não sei de qual pilar de Luz fala essa pessoa, ela certamente fala do Canal do Éter, quer dizer o canal mediano da coluna vertebral que foi forrado pelas partículas adamantinas e que nós chamamos na época de Canal do Éter.


Questão : é em relação às costas que foram muito trabalhadas inicialmente.

É o Canal do Éter, o Sushumna se vocês querem, que se transformou pela Luz do Espírito Santo, a radiação do Ultravioleta e a Fonte, que perfurou a bainha dos chakras. Então é disso que ela fala. Agora, vocês o sabem, há várias reversões da consciência. Há a passagem da garganta que teve lugar em 2010 e em 2011, há a passagem da Porta estreita que se faz progressivamente desde alguns anos, do ego ao coração, e há a última reversão que vos faz passar do coração manifestado ao coração vibral, ao Coração do Coração, se vocês preferem. Quer dizer passar da Coroa radiante ou do Fogo Ígneo que invade o peito à alguma coisa que se pode eventualmente tentar localizar. Não é o centro do chakra do coração, não é o 9º corpo que está acima, é entre os dois, um pouco mais alto portanto do centro do chakra do coração.  Mas para nada serve vos falar disso muito tempo, porque isso está a caminho de chegar espontaneamente.

Então há várias reversões. Mas vocês sabem muito bem que vocês têm irmãos, por exemplo, e irmãs, que viveram a Onda da Vida, que no entanto subia até o coração, que favoreceu a eclosão do Si, mas que não pode ir até o topo. Quando vocês compreenderem que não é a partir de vossa pessoa que se decidem os eventos de vossa vida, então nesse momento, como os testemunhos nos dizem, vocês deixarão ser e vocês deixarão fazer. É isso, ser preguiçoso.

Estar no instante presente, no aqui e agora, vos impede de construir castelos no ar, quer dizer imaginar por exemplo, eu não sei eu, vocês perdem alguém, um irmão, uma irmã, um marido, uma mulher, um filho, é claro que há toda uma sequência lógica, além da tristeza.  Pensar no enterro, na cerimônia ou na cremação, portanto isso necessita de tempo. Isso é lógico de o fazer mas vocês não se  deixam levar pelos sofrimentos, pelo sentimento de perda, porque é justamente essa perda que vos permite encontrar o coração.  E o paradoxo, é que se vocês aceitam isso, vocês estão espontaneamente no coração.  Depois, é claro, será sempre tempo de fazer o que há a fazer no plano da matéria.  Mas como os testemunhos, alguns testemunhos, nos dizem, a vocês e a mim, uma vez que isso é vivido, vocês não podem mais se enganar, vocês não podem mais ser enganados sobre o que é a Verdade.

Então, outra questão.


É o sonho de um homem jovem em julho de 2017.

É então recente também.


Questão : uma mulher gigante, tipo deusa, vestida de um grande véu branco luminoso que terminava como as nebulosas, tomava a Terra nos seus braços com um sorriso apaziguador, depois a Terra se destruiu.  É bizarro, em meu sentir não havia nenhum medo, somente o apaziguamento. Obrigado por vossas precisões.

Mas é exatamente o que nós vos dissemos há anos. O fim dos tempos, o fim da 3D, mesmo se alguns entre vocês estão tão apegados à matéria que recusam isso, no momento em que vocês viverem realmente o que é nomeado, do ponto de vista da pessoa, destruição, vocês compreenderão que Maria só pode ter o sorriso nos lábios ao ver, não sua criação destruída, mas restaurada em uma dimensão onde não há mais confinamento possível.

Lembrem-se do que eu dizia na época : « O que a borboleta chama nascimento, a lagarta chama a morte. »  Vocês estão em meio disso. Ah, não é mais questão de criar uma crisálida. Vocês têm a oportunidade extraordinária que vos mostra o que resta da lagarta, e a borboleta que está aí, e o sonho diz exatamente a mesma coisa.  Porque a pessoa tem o ponto de vista do ego de dizer : como é que uma deusa pode estar apaziguada pela destruição ? Mas isso não é uma destruição, é um retorno à Verdade.  É a destruição da Ilusão, sim, e a restituição à Liberdade.

Então é claro, para tudo o que vocês nomeiam os espiritualistas, os new-age, tudo isso é terrível para eles, porque tudo foi feito para mantê-los em uma certa perpetuação. Ah é claro, isso vai mudar « Todo o mundo é gentil, a Luz coloca fim à predação, o sistema econômico vai ter um reinício, a Terra vai ser magnífica.... » Mas tudo isso é treta integral. Não é preciso verdadeiramente ter algum conhecimento científico real de tudo o que eu vos disse desde mais de dez anos, que se desenrola sob vossos olhos.  São as pessoas que estão na negação. E vocês sabem que depois da negação, há o quê ? A raiva, as muito grandes raivas. E depois há a negociação.  Mas esse, é o caminho ao qual foram conduzidos muitos irmãos e irmãs que se interessam, nestes tempos particulares, pela espiritualidade.

É o papel das religiões que vos prometem montes de maravilhas e de vos manter no confinamento, sem nenhuma exceção, mesmo na filosofia budista. Nenhuma organização, nenhum movimento, nenhuma sociedade, nenhum ser, mesmo vossa chama gêmea, pode vos tornar livres. É unicamente sozinho, nós vos repetimos inumeráveis vezes.

Para retornar em seu sonho, é normal que essa deusa tenha um sorriso nos lábios ao ver a Terra explodir, porque ela desaparece desta dimensão confinada para aparecer em sua dimensão de Eternidade. Isso vos foi explicado há muito tempo, no tempo de Ramatan, e dos povos delfinóides intraterrestres.

Mas ainda uma vez, não é questão de quebrar os sonhos e as crenças daqueles que ainda estão nessa new-age ou nessa melhoria das condições de vida sobre a terra, porque para eles – como para vocês, isso foi talvez através de uma perda, um divórcio, um acidente, uma doença -, para eles isso será a ocasião de viver seu choque e de ir imediatamente à aceitação. Portanto não serve para nada lhes desencadear as raivas agora, caso contrário vocês vão amplificar as resistências.  Não há senão o Apelo de Maria e a visibilidade de Nibiru que pode mudar as coisas agora. Eu vos disse que tudo estava fixo, Maria também.

Vocês não podem hoje transformar as circunstâncias de vossas vidas. Aqueles que tentaram se encontraram confrontados a algo de terrível, mas não é a mesma coisa se é a Luz quem o faz porque aí, a mesma situação... O que é que se vai obter ? Vai se obter a morte, vai se obter um casal que se separa. Cada um tem seu ponto de vista, e certamente para um, é um drama, para o outro é um sentimento de liberação.  Eu digo que para os dois é uma liberação. Isso não quer dizer que esse casal não é mesmo... são talvez chamas gêmeas, e eles talvez vão se reencontrar depois, mas eles jogam um jogo.  Nós dissemos na época que o reagrupamento das chamas gêmeas era essencial porque elas trazem um estado vibratório, mas talvez essas chamas gêmeas se ignorem, ou essas almas irmãs, em um outro nível, devem viver essa ruptura para serem livres.

Vocês veem, vocês não têm os apoios e os resultados. E para resolver isso, não serve para nada interrogar : como parar isso ou ir até o fim disso ?  Se isso vos chega, é que é a Inteligência da Luz quem o faz, não são vocês, mesmo se o marido ou a mulher diz que é ele quem decide seguir. Não é uma decisão da personalidade. Se é uma decisão da personalidade, vocês verão que nesse momento, é exatamente o inverso que vai se produzir. Haverá apenas obstáculos, haverá apenas sofrimentos. É semelhante para não importa o que no momento atual. Seja, se o que se desenrola, mesmo se isso vos assusta, vocês constatam que vocês conservam momentos de Alegria interior que está ligado ao vosso coração, mesmo se depois é duro, e em outro caso, é o ego que gira em círculo. A diferença é muito simples de fazer.

Portanto vocês não podem mudar nada por vocês mesmos doravante, a Luz se encarrega disso. Então, ou vocês tentam impulsionar uma mudança, e ela não se produz, ou a mudança vem da Luz ao interior de vocês como ao exterior de vocês, e a mudança se faz. E no entanto é a mesma vivência, mas vocês não conhecem a finalidade de cada experiência, que isso seja pela morte, o sofrimento, ou a separação em um casal como eu tomei o exemplo.

Em todo caso o que coloca fim a alguma coisa ou que transforma alguma coisa, no dia de hoje, está aí para ajudá-los e unicamente para ajudá-los, mesmo se o preço a pagar para a pessoa é importante, porque o importante, não é a pessoa, o importante é o que vocês são. É nisso que nós desenvolvemos largamente a Inteligência da Luz, o sacrifício, o último abandono, a preguiça, o Coração do Coração ; agora vocês têm a ilustração disso em vossa vivência, e não somente nas vibrações ou nos estados de consciência.

Outra questão.


Questão : no final, esse homem jovem disse : É bizarro, meu em sentir não havia nenhum medo, somente o apaziguamento. Era mais em relação a ele.

O dele ou aquele da deusa ?


Questão : o dele.

Ah o dele. Eh não, não é bizarro, isso quer dizer que o caminho do coração se aproxima, mas poderia muito bem estar surpreso de ver a deusa com um sorriso, então era ele quem estava apaziguado ?


Questão : sim.

Mas é claro, é o que descrevem os testemunhos precedentes. Vocês têm irmãos ou irmãs que disseram que eram imutáveis, imóveis no centro, então que no exterior era um movimento, um tornado, um furacão. É isso, o meio da roda, o Tao, o Absoluto do qual Bidi vos encheu os ouvidos, nada mais e nada menos, aqui sobre este mundo. Vocês chegaram ao destino, vocês retornaram à Liberdade, vos resta finalizá-lo, se posso dizer, cada um em um processo coletivo e global, em um cenário que lhe é pessoal e que coloca em jogo vários atores, aqueles que estão em relação, os irmãos e as irmãs, os maridos e as mulheres, os humanos com os povos da natureza, que se tornam, vocês devem constatá-lo, cada vez mais vivos em vossa dimensão. Vocês veem, tudo está claro.

Então vocês veem, mesmo quando isso vos parece normal, ele estava apaziguado e ele disse na frase : « é bizarro ». Sim, em relação a antes, é de fato bizarro. Antes, vocês sabem muito bem que se havia um luto, ou uma perda, um sofrimento, havia emoções, havia choro, havia resistências, havia uma necessidade de explicar, de compreender, de ser tranquilizado.  Hoje, como está dito nos testemunhos como neste sonho, « é bizarro, tudo está destruído e eu estou em paz ».  Vocês veem, não é masoquismo, não é irrealidade, é bem concreto e bem real. É o que está prestes a se desenrolar de maneira pessoal como de maneira coletiva, qualquer que seja vossa idade e qualquer que seja vossa situação.

Aceitem tudo o que a Luz coloca em vosso caminho. Então se vocês começam a dizer : « Oh lá lá, é uma energia negativa, é um Arconte », mas como eu disse, é aquele quem diz que é. Se isso vos chega, é que vocês são portadores desse Arconte em vocês. Não há ninguém a acusar, nem vocês nem outro, nem o Arconte. É preciso se dar conta e saldar toda conta, e isso, isso não pode se fazer senão pelo observador ou pela Paz do coração. Sem isso, vocês o veem, vocês são desestabilizados, vocês são levados, às vezes por coisas insignificantes, então se vocês estão no apaziguamento, nesse silêncio do coração, pode-se anunciar que vocês vão morrer amanhã que isso não mudará nada em vosso estado interior. Isso não quer dizer que vocês não vão buscar as soluções no exterior, mas aqui, no coração e na consciência, é a Paz e o silêncio, é a Alegria, é a leveza.  E mais isso vai se tornar duro no exterior, aí eu falo no nível coletivo como individual, mais a Paz e o silêncio vão crescer.

Então sim, isso pode aparecer como bizarro, como nesse sonho, mas a Verdade está ali, não há mais atraso.

Continuamos.


Uma última questão antes da pausa.

Ah sim é verdade que depois, vos é necessário repousar.


É a visão de um irmão, em 12 de agosto de 2017

Neste ano, vocês veem temos muitas coisas neste ano, hein.


Questão: no fim da última intervenção de Maria, tive a visão de um pavão que fazia uma roda, mas ele era inteiramente branco enquanto que em 2011, eu tive uma visão idêntica mas o pavão tinha as suas cores habituais. O que você pode me dizer disso?

Então primeiramente, eu te assinalo que os pavões brancos existem verdadeiramente, hein. Em seguida, nos sonhos, o que é que isso quer dizer ? Que o pavão revestiu sua roupa de eternidade. Então ver... o pavão é um símbolo extraordinário, a roda do pavão, é muito belo, mas é colorida, vocês sabem, o pavão comum, mas há outras cores de pavão, e em particular os pavões que são brancos. Eles não são albinos, hein, é a raça que é assim. Portanto passar, em um sonho, da roda de um pavão colorido à roda de um pavão branco significa o retorno à Eternidade, à pureza, e à beleza, muito simplesmente.  O sonho, ele não dá outros elementos, há apenas isso ?

Sim.

Aí está, então terminarei antes de vos deixar ir arejar das minhas palavras, sobre isso : retenham que hoje mais vocês estão tranquilos, preguiçosos como disse Osho, sobretudo no nível de vossa cabeça e de vosso Espírito, mais vocês acolhem na Infância, na espontaneidade, na humildade, mais as coisas se resolvem. Por outro lado, se vocês colocam vosso grão de sal sob o pretexto de que vocês são o marido, a mulher, o pai, ou que vocês decidem vossa vida, vocês vão se encontrar confrontados à choques cada vez mais violentos, e eu o expliquei. Eu disse, de início vocês são tocados no nível  dos membros inferiores, os laços, depois eu disse que isso ia subir nos órgãos dos sentidos e no cérebro, eu vos preveni.

Então o que quer que vos chegue, isso não chega a vocês, isso chega ao personagem.  A vocês, nada pode chegar. Portanto se vocês entram em resistência, o que é lógico para a pessoa, vocês verão que vocês não estão mais em paz, e se paradoxalmente vocês estão preguiçosos, mesmo se isso pede de vossa parte ações, coisas a fazer, mas em um primeiro tempo, se vocês permanecem no acolhimento incondicional, vocês vão ver que mesmo se há consequências sobre vosso corpo ou vossa vida, vocês terão reencontrado o que vocês são.  A partir daí, todo o resto se apaga, e todo o resto está no segundo plano e não vos concerne mais.

Vocês veem, é terrivelmente simples, e vai se tornar cada vez mais a cada dia. E de qualquer maneira, vocês viram os testemunhos, isso chega espontaneamente, as pessoas aceitam, os irmãos e as irmãs aceitam soltar, quer isso seja em sonho ou os testemunhos de suas vivências, e instantaneamente a Verdade está ali, quer dizer o Coração do Coração. O que pedir mais ?  O que esperar mais ?  Esperar o Apelo de Maria para soltar ? Para aqueles que o vivem, é uma graça e uma bênção. Agora, aqueles que não o vivem, por favor, deixem viver.  Não é desviar-se deles, ao contrário, vocês os ajudarão muito melhor se vocês os deixam viver seu face à face sem interferir.  Não busquem recuperar os seres, não procurem retomar as situações passadas se elas se afastam de vocês, observem a Alegria que se desenrola, mesmo se vocês sofrem.

É suficiente simplesmente, não um swich da consciência como disse Sri Aurobindo, não se trata de uma reversão da consciência como exprimiu Uriel, trata-se de estar lúcido no instante porque os dois estão presentes. E se vocês sofrem, vocês não estão na Alegria, mas apesar do sofrimento, a Alegria está aí, portanto se vocês não voltam vosso olhar ao sofrimento e vocês não estão identificados ao personagem, o coração emerge naturalmente.  A Teofania perpétua permite isso para todos e cada um. Não há karma que se mantenha, não há idade que detenha, e doravante não há situação que segure, que possa vos servir de álibi para vos distanciar de vosso coração que está aí.  Mas não vejam esse coração como o coração humano daquele que tem bom coração, aí, eu falo de vosso coração e de vossa eternidade.

Assim, vou deixá-los fazer a pausa, repousar, restaurar, e eu retornarei é claro após vossa pausa, e retornarei também no encerramento destes encontros. Eu vos digo : bom apetite.



***

Tradução do Francês: Ligia Borges

14 comentários:

  1. Vocês podem ler todos os livros do mundo, não é, mesmo os escritos ditos sagrados, vocês podem ter o conhecimento de todos os mistérios e de toda história, isso não vos fará mover uma vírgula. Isso fará mover vossa cabeça, vocês vão aderir a outra coisa, mas o coração jamais será encontrado. Então sim é verdadeiro, e de um outro lado, eu posso te dizer que isso não serve para nada hoje. Saber isso apenas satisfaz o ego. Eu, o que eu quero agora, é que vocês estejam satisfeitos do coração e de nada mais.
    .........
    Vocês vão ver cada vez mais irmãos e irmãs ao redor de vocês, que todavia não vivenciaram o fato de serem chamados com as Coroas da cabeça, com o Nada, ou com a Onda da Vida, que vivem isso espontaneamente e naturalmente. Os últimos serão os primeiros.
    .........
    Quando vocês compreenderem que não é a partir de vossa pessoa que se decidem os eventos de vossa vida, então nesse momento, como os testemunhos nos dizem, vocês deixarão ser e vocês deixarão fazer.
    .........
    Não há senão o Apelo de Maria e a visibilidade de Nibiru que pode mudar as coisas agora.

    ResponderExcluir
  2. Apenas como curiosidade, esta noite sonhei com 3 sóis de tamanhos próximos, sendo 2 amarelos e 1 com luz branca. Tb haviam 2 luas, uma o dobro da outra. Todos na mesma perspectiva do horizonte, os sóis à direita do campo de visão e as luas à esquerda, a maior sobre a menor.

    ResponderExcluir
  3. Adorei esse trecho:

    "Então é claro, para tudo o que vocês nomeiam os espiritualistas, os new-age, tudo isso é terrível para eles, porque tudo foi feito para mantê-los em uma certa perpetuação. Ah é claro, isso vai mudar « Todo o mundo é gentil, a Luz coloca fim à predação, o sistema econômico vai ter um reinício, a Terra vai ser magnífica.... » Mas tudo isso é treta integral".

    Treta integral: essa guardarei com risos na boa lembrança dessa passagem na Terra.

    Luz,

    Alexandre
    :-)

    ResponderExcluir
  4. Acho curiosíssimo o site em português publicar antes do site francês. Rs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. jozahfa, isso quase nunca acontece, e se acontece é por autorização do site francês que nos envia a transcrição. Bem, às vezes nos é dito: pode publicar tão logo seja feita a tradução. Isso se aplica normalmente no caso de mensagem muito grande, quando já é de praxe optarmos por dividi-la em parte A e B, por exemplo.

      Excluir
    2. Jozahfa, O simples fato de se poder chegar à este blog e poder ler as mensagens traduzidas ... é por si só isso uma grande Bênção e uma Graça tal alcançada, mas que infelizmente, devido a Localidade de alguns irmãos, nem se quer isso conseguem aí ter consciência.


      (Fenix)

      Excluir
  5. Aivanhov citou na parte 1 e também na parte 2, que Hercolubos deu a volta, ele estava atrás do sol, agora passou a frente. Tem uma teoria que os planetas não circulam ao redor do sol (translação), mas eles circulam a frente do sol, isso pode significar que nós nunca vimos o outro lado do sol, caso o sol não tenha movimento de rotação. A Luz não gira em torno do seu eixo, nós nunca vimos a outra face da lua. Se isso for verdade, a nossa "ciência padronizada" é uma piada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiz Antonio, essas teorias podem não ser credíveis, que é o mais provável, é claro; contudo, certamente realçam bastante a grande piada que representa a ciência padronizada, como você muito bem se referiu. Abraço !

      Excluir
  6. A ingratidão dos que dormem


    Apenas o simples fato de muitos de nós termos chegado aqui a este maravilhoso e providencial Blog, já é por si só uma Bênção e uma Graça tal grandiosa para agradecermos, para sermos gratos.
    Sermos gratos por podermos as vezes poder tão rapidamente ter a nossa disposição as mensagens traduzidas, sermos gratos por termos até mesmo os meios efêmeros como o trabalho, o dinheiro e o acesso a internet para podermos chegar até aqui ao blog ... é preciso se sentir grato até mesmo por isso, por ter o efêmero que nos possibilita estar aqui, do contrário e obviamente, se nem trabalho, nem dinheiro e nem acesso a internet, creio que as probabilidades de não podermos ter acesso a este blog seriam grandes.
    Então hoje sou grato até mesmo ao efêmero que me possibilita de eu estar aqui e poder ler as mensagens traduzidas.
    Não muito distante, tempos atrás o blog se viu em um impasse em relação ao comprometimento aí de não se ter as mensagens traduzidas por falta momentânea de tradutoras, mas prontamente após saber-se do ocorrido, irmãos e irmãs se prontificaram aí para fazerem as traduções, e são graças a estas irmãs que podemos ler estas mensagens.
    Logo e tão obviamente, que se hoje até mesmo por vezes termos a possibilidade de o mais prontamente termos a nossa disposição as traduções, isso não é por si só também e claro, um motivo de rendermos graças, de sermos gratos?

    Mas infelizmente ainda há aqueles que ainda não conseguem alcançar tais coisas e ainda questionam o porque que esta mensagem se apresentou primeiro antes mesmo do próprio Les Transformation divulga-la em sua page oficial do Facebook, uma vez que se sabe que tanto as pessoas responsáveis pelo L.T. tem obviamente contato com o responsável deste blog e como foi explicado pelo Egídio, se há a possibilidade do blog aqui divulgar a mensagem caso esteja traduzida, é porque há a permissão do Les Transformation.

    Que possamos, cada um de nós leitores aqui deste blog, termos a consciência de que se estamos tendo a oportunidade de podermos ler as mensagens o mais prontamente, isso é mais do que motivo para tão simplesmente acolhermos sem questionar, sem querer compreender "os porques", uma vez que a Luz tem sua sabedoria, e quem de nós pode questionar seu proceder?
    Paz a Todos!
    :-)

    (Fenix - DGO )

    ResponderExcluir
  7. Obrigado, Manoel Egídio, por sua atenção. Foi um simples questionamento. Também sou grato pelas traduções e por este blog, que descobri há pouco tempo. Não tive intenção de fazer qualquer julgamento. Se, algum dia, o blog precisar de tradutor, me disponibilizo. Seria uma forma de colaborar com isso. E, novamente, muito obrigado pela resposta e desculpe-me se causei alguma má impressão. Com fraternidade, josaphat.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, josahfa, sinta-se entendido e compreendido, e nenhuma má impressão poderia perdurar diante dessas suas ótimas palavras. Com fraternidade, sim !!!

      Excluir
  8. Portanto não serve para nada lhes desencadear as raivas agora, caso contrário vocês vão amplificar as resistências. Não há senão o Apelo de Maria e a visibilidade de Nibiru que pode mudar as coisas agora. Eu vos disse que tudo estava fixo, Maria também.
    Grato Ligia
    Rendo Graças

    ResponderExcluir