OMA - Parte 3A - Setembro 2017


OMA - Parte 3A - Q/R - Setembro de 2017
Mensagem de 18 de setembro de 2017 (publicada em 09 de outubro)
Origem francesa – recebida do site Les Transformations


Áudio da Leitura da Mensagem em Português - por Noemia
Clique aqui para fazer o download do áudio



Eh bem caros amigos, uma alegria encerrar este encontro com vocês.  Então antes de deixar a palavra para vossos questionamentos, duas ou três pequenas informações.  Se voltarmos a nos encontrar novamente, desta maneira eu quero dizer, eh bem da próxima vez, eu não aceitarei mais nenhuma questão concernente ao menor evento que se desenrola sobre a terra, na medida em que esses eventos estão em vias de chegar, portanto não há mais necessidade de vos anunciar o que quer que seja nesse nível. Então nós responderemos essencialmente às questões, eu diria, ligadas à vossa consciência, não à vossa vida mas antes a tudo o que pode vos parecer relevante, se posso dizer, em relação aos questionamentos sobre a Eternidade, sobre o que vocês vivem. E não mais questões sobre algum conceito ou algum evento. Uma vez que como eu vos disse, eu repito com firmeza, vocês estão nos eventos que vocês esperavam, eu não posso dizer melhor.  Aí está, e nós não podemos, além da semana que vos foi anunciada, nós não podemos dar mais informações particulares, vocês tiveram o máximo, se posso dizer.
Aí está. Essa precaução estando dita, nós vamos como de hábito, hoje, tentar responder às vossas interrogações na medida do possível. Então, cara amiga, eu te escuto.

Questão : em quanto tempo Nibiru deveria estar visível desde a Terra? Se está próximo, e se a visibilidade de Nibiru é um desencadeador, os maus rapazes podem criar um acontecimento  neste momento, bomba atômica, vulcão que explode, etc., para fazer de modo que todos permaneçam fechados em casa durante alguns dias, até que Nibiru não esteja mais visível?
Bem então aí, cara amiga, há duas coisas. Primeiro, ninguém conhece a data e a hora, isso foi repetido milhares de vezes.  Eu apenas posso repetir o que acabei de dizer no preâmbulo, na introdução, é que vocês estão nesse tempo.  Agora, se é em oito dias, se é em três meses, se os maus rapazes vão encontrar alguma coisa que poderia, eu duvido muito, atrasar o curso de Nibiru ? Mas desde já, as influências eletromagnéticas, gravitacionais de Nibiru... Nibiru, nós vos dissemos, terminou sua volta por trás do Sol, e portanto as influências, as radiações, as vibrações, a Luz, as forças eletromagnéticas estão todas prestes a se modificar.  Vocês veem bem o que se desenrola sobre a terra, não é ?  Portanto a visibilidade corresponde à vossa consciência e, vocês o sabem, ao Apelo de Maria, mas a influência vibratória eletromagnética sobre a Terra e sobre vocês já é importante, não é ?
Portanto eu não posso dar a data.  Agora imaginem que no momento da visibilidade, qualquer evento de natureza humana deveria vos confinar em vossas casas, eu não vejo verdadeiramente qual seria o significado. Tudo foi feito, e vocês o sabem, desde muitos anos, no jogo da Liberação, para tentar frear ou limitar a abertura da consciência, e também os eventos, e eu creio aliás que Orionis, que veio há pouco tempo, vos disse que finalmente, mesmo o que vocês poderiam nomear, do ponto de vista pessoal, os atrasos ou os retardamentos, representou para a Luz uma graça importante, e permitiu abrir sempre mais irmãos e irmãs humanos. E é importante nestes tempos particulares.
Portanto a visibilidade de Nibiru não pode ser freada, a partir do momento em que ele avança, certamente sempre em uma velocidade que é variável, mas ele fez sua rotação ao redor do Sol. E isso quer dizer que agora vocês são confrontados diretamente, não com sua visibilidade, mas o conjunto das modificações Elementares que vocês veem estão diretamente ligadas às interações de Nibiru com o Sol, e isso já desde algum tempo é claro, mesmo muito tempo, mas sobretudo agora diretamente com os planetas do sistema solar interno, quer dizer Mercúrio, Marte, Vênus em uma certa medida, e sobretudo a Terra.  E isso vocês o veem todos os dias.  É a ação dos Cavaleiros, a ação das radiações solares, cósmicas, as radiações que não param mais de subir no nível da frequência de ressonância da Terra. Certamente que tudo isso está ligado e interligado.  Os únicos momentos em que vocês não poderão colocar o nariz fora, não é para não ver Nibiru, é porque vocês estarão em estase e em ressurreição, são os famosos três dias.
Aí está o que eu posso responder, mas não esperem a menor data da visibilidade. Eu posso responder que a zona a mais provável começa de fato após o período da semana que acabou de ser anunciada, e sobretudo a partir de outubro, mas isso pode ser não importa quando nos dias, nas semanas ou nos meses que vêm. Mas isso não esperará um ano, ou anos desta vez, uma vez que a volta por trás do Sol foi efetuada, e isso era o mais importante em relação ao posicionamento da Terra. Aí está o que eu posso responder para essa questão.
Então, você pode continuar.

Questão : você pode falar da civilização dos Triângulos, e mais particularmente dos Triângulos de Fogo ?
Mas os Triângulos, vocês os carregam em vocês.  E além disso vosso corpo de Existência é constituído desses Triângulos que são os arquétipos de qualquer forma que a consciência toma.  O corpo de Existência, isso foi dito, é constituído desses triângulos, cuja vibração é a imagem, se posso dizer, da civilização dos Triângulos.  A palavra, aliás « civilização dos Triângulos » não é de fato exata, vocês sabem que vocês estão além do antropomorfismo, e que certamente alguns entre vocês podem ter uma linhagem que vem dessa civilização, mas não há especificidade a falar uma vez que os Triângulos não se agenciam, eles são livres, e não há de todo correlação, analogia ou sobreposição possível com a vida em meio aos mundos carbonados.  Isso não tem estritamente nada a ver.  E aliás vocês o sabem, esses Triângulos não estão situados no ambiente imediato da Terra, mesmo se vocês são portadores de uma linhagem estelar que está ligada a esses Triângulos.
Então é claro, vocês o sabem, no nível de vossas estruturas de Existência, vocês têm os triângulos de Fogo, de Água, de Terra e de Ar, os quatro Elementos se vocês preferem, mais um quinto que, para o instante, não retomou sua forma triangular, que é o Éter, uma vez que o Éter está em curso de restituição, vocês sabem, é o que se nomeou, ali onde há os quatro Hayot Ha Kodesh, os quatro Elementos, quer dizer a pequena Coroa da cabeça.  E todo o resto de vossa estrutura de Existência está baseada em uma sintonização com o que representam os Triângulos.
Portanto falar dos Triângulos não vos serviria estritamente para nada porque não existe nenhum ponto de referência para exprimir como eles funcionam. Eles funcionam simplesmente como no limite de uma forma da 24ª dimensão, com atributos que não têm nada a ver e que são impossíveis de comparar, mesmo com as dimensões antropomorfizadas. Mas eles estão onipresentes, enquanto, não os administradores das formas, mas os agenciadores das formas segundo os programas estabelecidos pelos mestres geneticistas de Sírius.  Aí está eu não posso ir adiante, isso não vos seria de nenhuma utilidade em vossa vivência atual. Nós podemos prosseguir.

Questão : sonho de duas noites passadas : vi rochas se destacarem da montanha e enterrarem meu companheiro. Observei a cena com calma e distanciamento. Duas meninas pequenas estavam no local. Eu as tomei pelas mãos e entramos tranquilamente na casa. O que você diz disso ?
Eu digo simplesmente que, como você disse, havia duas crianças pequenas e não uma. Em seguida você vê seu companheiro enterrado sob as pedras ; isso anuncia a morte da personalidade, a morte do antigo, e o nascimento da criança interior.  Mesmo se você não foi esmagada, você parte com duas crianças, duas meninas pequenas, que não são os meninos, portanto isso evoca o aspecto da co-criação do Feminino sagrado, o retorno ao andrógino primordial, e também o Caminho da Infância e da Inocência.
Tudo isso é muito característico, tanto mais que é um enterro de pedras que vêm da montanha, portanto isso vem do céu. Não é um esforço como vocês puderam fazê-lo com as vibrações, as meditações, os encontros que nós temos durante esses anos às 19 horas, ou ainda as Teofanias, quer dizer que agora isso vos cai em cima, quer vocês queiram ou não. Cada um, é claro, de diferentes maneiras.  Mas esse sonho te anuncia uma grande transformação interior, para você como para teu companheiro – ligado à Luz, não é uma transformação ligada à você nem a ele, mas às circunstâncias coletivas da terra muito breve.

Questão : ao que corresponde uma vibração que parte do ponto entre os olhos, contorna os olhos pelas sobrancelhas, contorna a linha da mandíbula e se junta ao 10º corpo circundando o rosto?
Oh é muito simples, talvez vocês lembram que há muitos anos, Um Amigo, eu creio, vos deu os gestos para fazer que reuniam o 10º corpo, 11º corpo e o 12º corpo. Aí, você fala não do 12º corpo, mas você fala do ponto AL no Triângulo de Fogo que retomou seu sentido normal, se posso dizer. Há efetivamente circuitos de vibrações que unem ao mesmo tempo o 10º corpo, o 11º corpo, o 12º corpo, e também o que você sente entre as sobrancelhas, a alguns poucos milímetros acima.
É claro, isso está ligado primeiro em linha direta, sobre o eixo mediano, mas há também circuitos vibrais que giram ao redor de vossos olhos passando pelas sobrancelhas, passando na frente do pequeno chakra do ouvido que está ligado à ampôla da clariaudiência, e vai se reunir efetivamente, passando um pouco pela mandíbula, ao 10º corpo.  É simplesmente, eu diria, a finalização da totalidade de vosso corpo de Eternidade. E alguns entre vocês, efetivamente, começam a sentir essas vibrações, que não são circulações mas, como vocês poderiam dizer, como uma onda que ressoa no local, que cria a percepção dos circuitos vibrais, e não mais somente as Coroas radiantes e o Canal Mariano. E vocês vão ter a mesma coisa no nível dos pés, quer vocês tenham vivido a Onda da Vida ou não, vocês vão sentir os circuitos sob vossos pés.  Há efetivamente as linhas de vibração, ou os circuitos, onde a energia ressoa.  Tudo o que vocês percebem e que vocês vão sentir, independente das Coroas, independente dos chakras, independente das Portas que vocês necessariamente sentem de diferentes maneiras, ou das Estrelas, corresponde à finalização do corpo de Existência.
A Leminiscata sagrada, vocês se lembram, está funcional, a Fonte de Cristal ou 13º corpo está funcional, a Merkabah interdimensional pessoal está quase inteiramente constituída para a maioria de vocês. E eu vos lembro que as Estrelas de vossa cabeça, por exemplo a Estrela AL, são também as funções espirituais, as funções em meio ao corpo de Existência, e o circuito que você descreve é um dos circuitos de finalização do corpo de Existência, que coloca em relação o 13º corpo, pela grande Coroa da cabeça, com todos os outros circuitos e todos os outros pontos que foram ativados já desde muitos anos.
Além disso, independente do chakra do coração, o corpo espiritual que é o mais difícil de ativar, é o 10º corpo, aquele que está ligado à garganta, e portanto enquanto vocês estão confinados pelo corpo causal, quer dizer que vocês não queimaram a alma e o corpo causal, essa parte da cabeça não pode se ativar completamente.  É o que vocês começam a viver. Então é mais do que uma comunicação com a Luz, é realmente, como nós o repetimos, a instalação do reino da Luz, em totalidade.  Certamente não é questão de vos cansar com o significado desses circuitos.  Eles estão presentes, eles servem a algo, e vocês vão vivê-lo por vocês mesmos ; não serve para nada desenvolvê-lo.  É como se vocês me perguntassem como é feito de vocês caminharem, e « descreva-me os mecanismos ou para o que servem esses músculos que se contraem e esses nervos que se movem ? »
Vossa consciência, vocês o sabem, não importa qual dimensão, é veiculada pelo corpo de Existência, e portanto as percepções que vocês têm, por exemplo de todo o corpo físico, vocês vão começar a perceber, ver, e viver no corpo de Existência. É isso que foi nomeado a transubstanciação ou a passagem, não mais da lagarta à borboleta, mas do casulo, que alguns vivem, à borboleta. E é isso que é verdadeiramente importante no que vocês têm a viver, são diferentes sintomas, diferentes sinais, diferentes vibrações novas e também energias novas, vão se manifestar em vocês, diretamente em vossa consciência, mesmo se é claro, você ainda sentem o cérebro.  Mas a sensibilidade inscrita no corpo de Existência, em velocidades variáveis durante este período, está prestes a aparecer em todos os irmãos e irmãs que despertaram as Coroas, mesmo se eles não eram liberados vivos.
Quer seja que, vocês vão aliás vivê-lo durante os impulsos da Luz, em uma espécie de intensificação da vibração, ou do conjunto de vossa estrutura física, ou diretamente pela percepção, como isso, dos circuitos do corpo de Existência. Aliás mesmo a percepção habitual da Coroa da cabeça está prestes a se modificar, quer dizer que os eixos que unem as Estrelas duas a duas, a tripla cruz, a cruz cardinal, a cruz oblíqua e as outras cruzes, estão prestes a se agenciar, e vocês o sentem.  Não somente porque vosso cérebro e vossos nervos o sentem, mas também porque uma parte de vossa consciência já habita o corpo de Existência, quer vocês percebam ou não, facilitando assim a estase coletiva, e também para cada um de vocês, que o vivem.
Eu te escuto.

Questão : há três sonhos e uma questão de uma irmã. Primeiro sonho, fim de agosto : eu devia encontrar meu cunhado e amigos em Paris para alguns dias de feriado.  Minha irmã me explicava o encontro por telefone. Aí, eu lhe conto o sonho que tive, neste mesmo sonho, então.
Espere, em um sonho você conta um sonho ?

Questão : é isso.
Ah de acordo.

Questão : vi centenas de pessoas em barcos, sobre a água, mortos ou gravemente feridos ; havia muito sangue. Eu me via entre elas. Sabia que aquilo tinha se produzido quando de um acontecimento coletivo importante. De repente, reencontro-me projetada num barco, nesse lugar, sozinha, de noite. Aparentemente eu não estava morta. Presenças ao meu redor, que não posso ver. Uma delas, atrás e à minha esquerda, guia-me. Diz-me: , agora é preciso ir”. Eu devia ir espalhar a boa notícia. Eu tomei uma toalha branca e depositei na minha frente no barco. Ela tinha sido manchada de sangue, mas tinha sido limpa e estava quase imaculada. Depois eu avanço sozinha no barco, com apreensão . No caminho, me dizem que é necessário desfazer-me do poder que alguém tem sobre mim, uma imensa Presença invisível mas sombria, como um velho, com olhos azul claro. Eu devia enfrentá-lo, e desperto. Fim do primeiro sonho.
Então o barco sempre significa, no nível do teu cérebro, a noção de passagem, de transição e de morte. Portanto efetivamente você morre, mas você está viva em teu corpo de Existência.  E certamente restam saldos, é nesse sentido que desde já muitos meses nós insistimos sobre esse último face à face efêmero-Eterno, que nós vos falamos das resistências, que não são memórias mas que estão presentes sob a forma de hábitos, e, eu diria, de condicionamentos ligados à vida na matéria carbonada, aqui sobre a terra. Então o sonho te anuncia muito simplesmente tua liberação.
E os elementos ligados a essa Presença que você julga como sombra, não são senão os saldos de teu mundo anterior interior, quer dizer do que você era quando estava viva.  Então esse sonho anuncia tua transição e tua liberdade. Sobretudo, você mesma o disse, que havia uma toalha branca que você coloca no barco, que foi limpa.  A brancura está ligada à transição, e também à Luz. Quer dizer que qualquer que seja esse evento coletivo que se produziu... então é claro, nas inumeráveis profecias, eu não vos escondo que a cidade de Paris arrisca ser sacudida, e isso de diferentes maneiras, quer isso seja pelos Elementos ou pelos eventos humanos. Todavia eu te lembro que cada um estará exatamente no lugar que para ele é o mais vantajoso, o mais proveitoso, para encontrar sua eternidade.  Se é no meio dos elementos climáticos, é o que vos é necessário, se é no meio de uma guerra e de uma bomba, é também o que vos é necessário.
Porque há um elemento, qualquer que seja vosso nível vibratório, qualquer que seja o estado, se posso dizer, de vossa liberação, quer vocês estejam no Si, quer vocês começam a sentir as energias, quer vocês estejam na vibração, quer vocês sejam liberados, não muda nada ; a passagem de um estado a outro, qualquer que ele seja, necessita das circunstâncias particulares. É por isso que nós vos dissemos também que vocês estão exatamente no bom lugar. Poderia-se tomar montes de exemplos. Vocês têm por exemplo, vamos tomar um exemplo preciso.  Imaginem um homem e uma mulher que são marido e mulher, que vivem as vibrações, que vivem todos os processos desde muitos anos, e nós vos dissemos que neste momento, vocês não têm nada a decidir, nada a mudar. E como por acaso, nos casais, ou mesmo isso pode ser com um irmão ou uma irmã, há uma espécie de ruptura.  Isso não quer dizer que vocês vão mudar de vida, isso quer dizer simplesmente que para viver a visibilidade de Nibiru, o Apelo de Maria, vossa migração ou vossa transição, vossa ascensão ou vossa liberação individual deve se fazer nessas circunstâncias aí.
Portanto é por isso que nós vos dissemos para não fazer projeções, para nada decidir, porque a Inteligência da Luz vos coloca muito exatamente onde vocês devem estar para viver o que é para viver.  E se é em um engarrafamento ou se é em um avião, isso não tem nenhuma espécie de importância. Senão eu posso tratá-los como homens e mulheres de pouca fé. Nós vos informamos suficientemente disso.
Vocês têm, e é normal, quase todos tendência a refletir conforme as coisas continuam. Mas vocês sabem muito bem que não há nada que continua. E que talvez em relação a esse irmão ou essa irmã, hein, tomei o exemplo de um casal, o Apelo de Maria deve ser vivido despojado de tudo o que pode vos sobrecarregar e em alguns casos, um irmão ou uma irmã, um marido ou uma mulher pode vos sobrecarregar. Portanto a Inteligência da Luz faz quebrar aparentemente as coisas, mas que de qualquer maneira são inerentes ao vosso ponto de vista, ao posicionamento de vossa consciência e à maneira na qual deve-se viver melhor o processo da estase, e da liberação, e da  ascensão da Terra.  Vocês veem ?
Outra questão.

Questão : segundo sonho, início de setembro : estou cercada de mulheres e amigos. Ao redor do pescoço tenho um pendente de cristal. Havia como uma coroa de cristais sobre minha cabeça. Eu me ajoelho e me inclino diante dessas mulheres. É como um ritual, elas me acompanham. Coloco minha cabeça e as mãos no solo, cercando a coroa. Passam-se coisas no nível da minha cabeça. Depois eu me reencontro com os irmãos e as irmãs com quem falamos de cristais. Fim do segundo sonho.

Ah o segundo sonho confirma o primeiro, além disso é cronológico no tempo. Quer dizer, eu te disse, no sonho precedente, que se anunciava tua transição. Neste sonho, você percebe o desdobramento da Merkabah, que começa, como acabei de vos dizer antes desta questão e antes de começar vossas questões, pelo desdobramento do 13º corpo que coloca em vibração, não somente a Coroa da cabeça nem a pequena Coroa, mas os eixos que acendem vosso veículo ascensional, essa famosa Merkabah, que é a transição entre vossas estruturas efêmeras – física, etérica, astral, mental, e portanto causal que se queimou, uma vez que aí é o processo da ascensão que se vive – e a coroa de cristal da cabeça, é o desdobramento da Merkabah interdimensional. Isso também faz parte da questão precedente, concernente aos circuitos que vibram no rosto ; é a mesma coisa. Portanto esse segundo sonho confirma o primeiro.
E há ainda um sonho ?

Questão : sim.
Cronológico ?

Questão : sim. Terceiro sonho no dia seguinte : era noite. Eu vou ao banheiro com uma lanterna de bolso. Meu companheiro junta-se a mim, nossa filha nos braços. Ele a coloca no lavatório e abre a torneira. Ali, está luminoso. Eu o repreendo porque a água está fria e ela está toda vestida.  Eu a tomo nos braços, começo a enxugá-la, e em seu rosto e seu torso, vejo pequenas feridas abertas que não sangram, das quais saem grãos de pimenta verde. Ela também as tem na boca. Meu companheiro me diz que sem dúvida isso vem do pão da padaria, talvez da farinha, e que é necessário parar de comê-lo. Fim do sonho.
Há coisas que se misturam, aí, com a realidade comum, mas que é visto, o banheiro, a lanterna de bolso, a criança lavada na água, vestida, isso é importante, porque a criança, nesse caso, é a mesma criança, mesmo se você a identificou como sua filha, é a criança interior. Essa criança interior lava suas vestes no sangue do cordeiro, quer dizer é o batismo do Cristo, não o batismo da Igreja, mas o batismo da comunhão total com o que foi nomeado a Matriz Crística de Liberdade, de Ki-Ris-Ti. Aí está o que eu posso dizer disso.
Então depois, é claro, há a interrogação do mental, há as feridas, há os grãos de pimenta verde que saem da pele. É preciso encontrar, como dizer, o responsável.  Mas isso, eu creio que é uma interferência com o mundo ordinário.  Eu não posso dizer mais sobre isso porque eu penso sinceramente que isso não tem o mesmo valor do que a criança que é lavada com suas vestes, na água fria, mas em todo caso com as vestes.  Isso é importante. E depois o banheiro também, é o lugar onde se lava, é o lugar onde se limpa, é o lugar onde se maquia, é o lugar onde há água.  A Água do alto, a Água do Batismo, é a mesma coisa, e aí, é o batismo que é dado diretamente pelo Cristo.
E tudo isso em quanto tempo, esses três sonhos ?

Questão : do final de agosto ao início de setembro.
Sim, além do mais a sucessão é muito clara. Certamente há detalhes, como a pimenta, as feridas, que simplesmente estão ligadas talvez aos medos em relação ao que se produz.  Inconscientes, mas todavia vocês sabem que o desconhecido, mesmo se vocês não têm medo, assim que há algo que vos surpreende ou que vos capta, é muito difícil para esse corpo resistir ao movimento ou à interrogação, à emoção imediata, é tudo.
Então, a questão seguinte.

Questão dessa irmã : uma questão sobre minha filha de 21 meses...
Uma questão sobre ? 

Questão : minha filha de 21 meses.
Ah, é uma outra filha, de acordo.

Não é mais um sonho, é a mesma irmã que coloca a questão sobre sua filha...
Então eu não posso responder para algum outro, hein. Vamos tentar, mas vamos ver.

Questão : há algumas semanas, ela tem frequentemente crises de nervos, de bater a cabeça na terra ou contra a parede. Nós pensamos que o nascimento dos dentes não são a única causa.
Em qual idade ? 

Questão : 21 meses.
Ah, perdão. Sim, continue. A criança tem 21 meses ? De acordo.
Mas vocês sabem, e têm cada vez mais, se observam vossas informações, que a humanidade caminha sobre a cabeça. Vocês o veem bem, em qualquer país que olhem. Vocês veem as crises ou os atos um pouco loucos que se produzem um pouco por toda parte. Isso é apenas o começo, e não há razão para que uma criança, mesmo em um meio espiritual, não seja afetada por esse gênero de coisas.
Então não há entidade, não há possessão, não há doença, há somente uma reatividade, e sobretudo nos meios sensíveis, independente de qualquer abertura.  Eu falo da sensibilidade energética, ou mediúnica. É claro que isso vai se começar a sentir. Mesmo se ninguém tem a data, vocês constatam bem, mesmo ao redor de vocês, que muitos irmãos e irmãs começam a se colocar questões sem poder identificar as questões.  Mas eu posso dizer que inconscientemente, a cada dia que vai passar, mesmo antes da visibilidade de Nibiru, e sobretudo no decorrer dos impulsos da Luz, vocês vão ver cada vez mais reatividade do efêmero, dos hábitos, em relação à Eternidade que se instala.  E ainda, como foi estipulado, vocês podem agradecer à Luz, e mesmo aos maus rapazes, de ter permitido durar tão longo tempo, porque a preparação foi muito mais fecunda, se posso dizer.
Portanto, eu não sei o que é que... ela me pergunta não o que é preciso fazer, ela queria simplesmente uma explicação ?

Questão : ela dá os detalhes, continuo ?
Vamos.

Questão : pensamos que o nascimento dos dentes não é a única causa.
Ah isso, está claro.

Questão : começamos um tratamento com plantas e eu faço o que você propôs, de massagear a cabeça até os pés. Podemos fazer outra coisa para acalmá-la nestes tempos particulares ? Nós pensamos que há uma relação com a forte atividade solar destas últimas semanas.
Com 21 meses vai à escola ? Não estou certo de compreender. Vocês vão à escola tão jovens, agora ?

Questão : a atividade solar, não escolar.
Bem sim há uma relação, é exatamente o que eu acabei de dizer. E vocês vão ver com os impulsos, não são somente as ejeções solares que são as mais importantes, são as radiações cósmicas que se produzem quando há os buracos no nível do Sol.  Nós vos dissemos que eram as radiações cósmicas que chegam de Sírius, do Espírito Santo em totalidade, e a radiação Ultravioleta do Sol, que não necessariamente está relacionada a uma explosão solar, como vocês dizem, hein.  E o que se passa para essa criança, o que vai se passar para vocês, e aliás tudo o que se passou desde meses, eu vos preveni antes do verão, que se vocês não se mantivessem tranquilos, vocês teriam alguns pequenos problemas no nível do corpo.  Eu creio que alguns entre vocês verificaram com estardalhaço.
Permanecer tranquilo não quer dizer ficar enclausurado em casa, é permanecer tranquilo em vossa cabeça. Se vocês começam a construir cenários, a ver coisas, a construir histórias, vocês não estão livres.  As histórias, vocês têm todo o tempo de vivê-las, e as maravilhosas, após o Apelo de Maria, mas não se afoguem nas visões, e mesmo no que nós vos dizemos. É necessário entrar em vocês, e quando vocês entram em vocês, não há lugar para as visões, não há lugar para uma história, não há lugar para depois. Há unicamente lugar para a Alegria, para a Teofania. E se vocês desviam as energias da Teofania, trabalhando sobre as visões, sobre os sonhos, como vocês faziam antes, mesmo se vocês são liberados vivos, vosso corpo vai sentir isso passar. Quando nós vos dizemos para permanecer... para serem preguiçosos, ficarem tranquilos, quaisquer que sejam vossas atividades obrigatórias, é em vossa cabeça que é necessário parar de elaborar os cenários. Mesmo se vocês têm visões, quaisquer que elas sejam, não as alimentem, elas vos distanciam do coração, neste momento.
E isso, todos vocês vão viver, e muitos entre vocês vivenciaram as advertências.  As advertências se amplificaram neste verão, e há mesmo aqueles que quebraram ossos, outros que tiveram problemas vasculares, e problemas muito mais graves.  Então, o que é que vocês querem ?  Viver tranquilamente os três dias do Apelo de Maria ? Ou se encontrarem na incapacidade de desaparecerem nos primeiros tempos, devido mesmo ao que vocês despertaram com vossa co-criação consciente, ela se exerce no coração e não na manifestação da consciência neste mundo.  Vocês veem ?  Portanto a criança, efetivamente, faça-a tomar contato com a realidade, e todos vocês estão submetidos a isso. E por outro lado, quando eu digo que vocês estão exatamente no bom lugar, se vocês quebraram alguma coisa, é também o bom lugar, o que quer que vocês digam, e o que quer que isso vos incomode.
Se vocês aceitam isso, vocês vão reencontrar a Alegria muito rápido, e pelo contrário se vocês persistem, vocês vão ter sofrimentos físicos, concretos, que vão vos obrigar, de algum modo, pela Inteligência da Luz, a cessar. A cessar de utilizar vosso mental, vossas percepções, para alimentar este mundo e para alimentar a pessoa. Quando nós vos falamos de vacuidade, de Coração do Coração, não há visões, não há mundo a ver, é ficar tranquilo.  Viver a Alegria não tem necessidade de suporte, de visões, de imagens e de discursos ou de experiências, uma vez que é além de qualquer estado. Então deem-se conta, através do que pode chegar aos irmãos e às irmãs, que vivem as vibrações, não é ? Vocês vão se encontrar confrontados a grande problemas, mas em finalidade, isso permitirá vossa ascensão ou vossa liberação.
Então é claro, é necessário aliviar. Para uma criança de 21 meses, não é o mental, mas talvez é o ambiente dos pais, talvez com pais que foram muito protetores, que idealizaram demais, que confinaram demais seu filho ao invés de liberá-lo.  Vocês sabem que é muito fácil, para os pais, sem o ver, e mesmo abertos, passar da educação na Luz à necessidade de controlar, à necessidade de dirigir, de proteger a criança.  Mas isso, não é uma vida. E além disso se é a irmã que colocou uma questão há alguns meses, isso é apenas a consequência direta do que tinha sido perguntado, os dentes não têm nada a ver nisso, sobretudo com 21 meses. Portanto é tempo talvez de corrigir um certo número de coisas.  Há medos que são projetados sobre as crianças, é constante, porque os pais sempre têm medo que o filho se machuque, mas hoje, depois de um ano, como vocês estão na co-criação consciente, se vocês emitem um medo, de um acidente ou do que quer que seja, sobre uma criança, vocês acreditam que ela vai se sentir em alegria ? Não verdadeiramente.  E por exemplo, esse gênero de reação é perfeitamente característica.
Então, massagear, efetivamente, fazê-la tomar contato com a realidade, e sobretudo, sobretudo, parar de proteger, parar de ter medo.  Então é claro, eu o repito, quando se é pai, e sobretudo se é a primeira vez, o medo é uma salvaguarda, mas em relação ao que se desenrola neste momento, é antes incômodo. Aí está o que eu posso dizer disso. Se é a mesma irmã, hein, eu não sei. Além do mais, com... é a mesma pessoa que teve os sonhos de há pouco?

Questão : sim.
Além do mais, com os sonhos de liberação que se produzem... então agora eu compreendo melhor o terceiro sonho, onde o companheiro lava sua filha vestida na água fria, e a mãe que se inquieta, que seca a criança. Então é uma mãe incubadora, uma mãe protetora, isso desemboca sempre em mães abusivas.  E na época em que vocês vivem, e sobretudo com as crianças que encarnaram desde alguns anos, vocês não podem funcionar segundo o modelo habitual. Bom, não é grave, não há nada de dramático, mas isso necessita de um reajustamento, não da criança, hein, é necessário massagear, de acordo, mas é sobretudo o papai e a mamãe que devem se reajustar.
Então, continuamos.

Questão : foi dito que o cérebro não entende a negação, e foi-nos dito igualmente para dizer eu não sou este corpo, eu não sou esta pessoa”…
Não é uma negação, é uma verdade.

Questão : … o que se passa ?
Eh bem eu vou responder.
O cérebro não conhece a negação, mas quando vocês dizem ao vosso cérebro : « Eu não sou este corpo », ele o sabe. Aí não é uma negação, em outro sentido, é a verdade.
O cérebro não conhece a negação, mas quando vocês dizem ao vosso cérebro : « Eu não sou este corpo », ele o sabe. Aí não é uma negação, em outro sentido, é a verdade. Digam, se vocês querem : « Eu sou puro Espírito », mas eu duvido que isso funcione para vosso cérebro, porque aí, o ego vai se interpor.  E por outro lado, a refutação e a não-identificação ao corpo não é uma negação, é a verdade. É bem por isso que nós vos dissemos para repetir : « Eu não sou este corpo ». Isso não se dirige ao vosso cérebro e vosso cérebro o sabe, que vocês não são esse corpo ; vocês, vocês não o sabem. Sobretudo a afirmação da refutação : « Eu não sou este corpo », não age sobre a sede da identidade que, eu vos lembro, é o cérebro mais profundo, o mais arcaico, aquele que foi confinado pelos maus rapazes.  No nível do neocórtex, que corresponde a ser o relé da consciência, aí não é uma negação, e a negação, ela não é reconhecida pelo cérebro, mas aí dizer : « Eu não sou este corpo » é uma afirmação e não uma negação.
É necessário não misturar as coisas. Por exemplo se vocês dizem : « Eu não quero estar doente », vocês estarão doentes, mas quando vocês dizem : « Eu não sou este corpo », o cérebro não está na negação. Não é uma frase negativa ou de negação, é ao contrário uma frase que toca com força a única verdade aqui neste mundo.  Vocês veem, é perfeitamente a mesma coisa. Vamos, outra questão.

Questão : você pode desenvolver sobre a noção « dar-receber », as características dos nossos hábitos usuais em nossa vida, em relação com o feminino e o masculino?
Eh retome… « dar-receber », eu não compreendo bem. Eu escutei tudo mas eu não vejo bem a relação entre « dar-receber » e o resto. 


Questão : … precisar o ponto de equilíbrio dessas duas polaridades, para estar no Coração do Coração.
Mas o Coração do Coração, o ponto de equilíbrio, dar e receber o que quer que isso seja, isso se situa neste mundo.  Agora receber... é preciso não confundir isso com o serviço, não é?  O serviço, quando ele é espontâneo, hein, não é um serviço decretado em uma forma de Yoga para purificar alguma coisa, quando vocês estão no serviço e na doação, espontaneamente, se poderia dizer que há um movimento de exteriorização. Não de todo, porque a doação espontânea é a consequência direta do Coração do Coração, uma vez que não é a vontade, ou uma ascese, ou uma decisão ligada a um Yoga, por exemplo da devoção ou da doação. A doação se faz naturalmente, portanto isso não acarreta na noção... é por isso que as palavras « dar-receber », aí, eu não compreendo bem o que isso vem fazer. Passa-se de uma dialética onde vos foi dito para nada fazer e estar no coração, na intimidade, entrar em vocês, mas sempre vos foi dito para continuarem a viver vossas obrigações, não se dirige à mesma coisa.
Se vocês tomam tudo ao pé da letra assim, vocês não vão sair da pousada. Hein, eu estou seguro que... é como quando nós vos dissemos que vocês não são esse corpo, não é questão de rejeitar o corpo, são vocês que estão dentro, não, parece-me ? Da mesma maneira aqui, colocar em equação « dar-receber » com « ficar no coração », mostra uma incompreensão do primeiro sentido das palavras.  E a terceira parte, era masculino-feminino ? Eu não compreendi.

Questão : você pode desenvolver sobre a noção « dar-receber », as características dos nossos hábitos usuais em nossa vida, em relação com o feminino e o masculino?
Mas eu não vejo a relação com o masculino e o feminino, eu não compreendo, aí, hein.

Questão : … precisar o ponto de equilíbrio dessas duas polaridades, para estar no Coração do Coração.
Mas o Coração do Coração é também o momento em que não há mais o masculino e o feminino. É a ativação que vocês vivem neste momento, entre o 13º corpo e o 12º corpo que, eu vos lembro, é o Andrógino primordial.  Isso não concerne aos movimentos da energia, ou à expressão de uma personalidade masculina ou feminina, é a integração e a fusão dos dois. Portanto enquanto vocês concebem « dar-receber », « masculino-feminino », vocês permanecem em uma dialética de dualidade. O irmão ou a irmã que colocou a questão está aí ?
Grande silêncio.
Aí, há uma confusão no sentido primeiro das palavras. Quer dizer, há uma espécie de confusão entre a Eternidade quem quer... é alguém que não vive a Existência e que quer se aproximar, intelectualmente, pelos conceitos. É isso que é necessário que esse irmão ou essa irmã compreenda.  O mental, será sempre dual. Portanto « masculino-feminino », seja que isso faz referência ao Masculino sagrado e ao Feminino sagrado, quer dizer a co-criação consciente, e portanto está relacionado à androginia primordial, mas isso não tem nada a ver com vosso sexo ou o fato de viver vossa vida. Nós não estamos nos conceitos que é necessário elucidar intelectualmente, nós estamos em uma vivência. Mas não se agarrem às palavras que nós vos dissemos no sentido que vocês pensam, vocês.  Nós falamos, se possível, geralmente do sentido o mais comum, mas não de sentidos particulares ou  se servir de palavras, de conceitos, vibrais, uma vez que nós todos doravante falamos acompanhados do Verbo, vocês o vivem, vocês o sentem, como quando vocês estão nesse estado, mas não  levam isso ao conhecido.
É alguém que busca compreender. Mas nenhuma compreensão, hoje, pode vos ser de alguma utilidade. É por isso que eu disse que da próxima vez, eu não falarei de conceitos, mas vocês me interroguem sobre o que vocês vivem. Não sobre conceitos como estes, isso avança para nada, isso apenas prova, efetivamente, que vocês tentam se apreender de alguma coisa que é inacessível e de colar isso ao que vocês conhecem e vivem usualmente, como foi dito, ou habitualmente.  Apreendam bem, e nós os dissemos, uns e outros a cada vez, que mesmo se é vossa pessoa quem escuta as palavras, há algo que é tocado, que está além de vossa cabeça, que age diretamente sobre vossa consciência. Então se vocês levam, mesmo se vocês não o veem, o que são palavras vibrais, mesmo se é a mesma palavra, e vocês levam isso ao conhecido, não serve para nada.
Aliás eu ainda não entendi a questão, a não ser que compreendi que essa pessoa maneja os conceitos, e não ainda uma vivência.  Os conceitos, eles vão  também desaparecer uns após os outros, como vossa memória.  O que é que vocês vão fazer se vocês têm o hábito, mesmo vivendo as vibrações, de se servirem de vossa cabeça ? Sirvam-se de vossa cabeça para conduzir o carro, para regular vossas relações humanas, para fazer vossas obrigações, mas não misturem a cabeça ao que se vive no nível da consciência e do vibral.  Caso contrário, vocês se prejudicam sozinhos, e então isso acarreta resistências, e o que eu disse, as lesões.
Da mesma maneira, se vocês começam a viver as experiências muito fortes, contatos com os povos da natureza, é claro que vocês podem partilhar ou trocar, é mesmo útil, mas se vocês começam a elaborar hipóteses para outra coisa do que vossa consciência, quer dizer sobre uma tradução na vivência efêmera, isso vai resistir, isso vai fazer boum.  Façam bem a diferença, eu penso que nós temos insistido suficientemente sobre isso. Não alimentem o efêmero do que vocês vivem como Eternidade, não é o objetivo. É por isso que as mudanças de ponto de vista da consciência, eu não falo mesmo de Ascensão, de Liberação, de Coroas radiantes, uma vez que aí agora é independente da vibração. Observem vosso ponto de vista, de onde é que vocês olham as coisas ? Vocês trazem tudo para vocês, enquanto pessoa, onde vocês deixam a Luz e sua Inteligência trabalhar ?  Nós todos temos o reflexo, desde tempos imemoriais, de nos apreendermos das experiências e de elaborar histórias.  O que é vivido, que isso seja pelo vibral, que isso seja na natureza, qualquer evento que se produza, não tem de ser explicado, interiormente.  Vocês têm necessidade de explicações para saber o que está em falha no carro, ou em vosso corpo, mas não em vossa consciência.
Quando nós dissemos e repetimos sem parar : humildade, simplicidade, ser preguiçoso, deixar estar, vocês compreendem finalmente o que isso quer dizer, fundamentalmente ? Ou vocês ainda estão a caminho de buscar amendoins em todos os lugares ? Aí, não é mais a bicicleta que gira, hein, é o corpo que vai quebrar.  Nós vos prevenimos desde mais de um ano. Onde está a espontaneidade, onde está o instante presente, assim que você agarra uma experiência ou uma vivência para projetá-la neste mundo ?  Mesmo se efetivamente eu interpreto os sonhos que são talvez indicações.  Não há nada mais difícil do que a simplicidade, para o mental, porque na simplicidade, não há nada a explicar, há somente a Alegria que se manifesta.  Portanto cabe a vocês se posicionarem, em função do que se apresenta na tela da consciência.
Por exemplo, para aqueles entre vocês que estão habituados às vibrações, à Onda da Vida, à Coroa da cabeça, vocês não vão me dizer que ainda estão a caminho de estudar o que vocês sentem como Estrela, para o que isso serve, o que é que isso quer dizer, o que é que eu posso fazer disso ?  Deixem as coisas se fazerem, é natural.  É como se vocês estivessem prestes a caminhar, e vocês se perguntam qual é o músculo que se coloca em movimento.  Não, caminhem !  Não se sirvam dos hábitos da pessoa e do mental para viver em Existência.  Os dois se fusionam, e o efêmero se distancia cada vez mais. Mais vocês serão simples, mais vocês estarão no abandono, no sacrifício, mais vocês viverão a Eternidade. Vocês não podem chegar a nada com vossa pessoa. É a vibração que faz o trabalho, é a consciência, nós vos dissemos de todas as maneiras possíveis.
Mas aí, são os últimos impulsos da Luz, então retifiquem um pouco o ponto de vista. Sirvam-se de vossa pessoa para a vida da pessoa, no que vocês têm a fazer, no prazer de encontrar um filho, os amigos, os irmãos, as irmãs.  Aí sim, mas quando vocês vivem um mecanismo vibratório ou de consciência, não o tragam na consciência ordinária, deixem desenrolar-se, não se apreendam de nada. Visto que aí, isso vai vos jogar voltas que serão bem mais graves do que ter problemas de tornozelos, de ombro, de quedas, de perdas de consciência, ou problemas vasculares. Mas talvez para vocês isso deve ser assim, mas eu penso que mesmo assim é mais agradável viver isso tranquilo ao invés de ter um sofrimento, qualquer que ele seja,  que vai bloquear ainda mais vossa pessoa.  Quando vos chega alguma coisa, mesmo se vocês são liberados, isso quer dizer que vocês deixaram a pessoa conduzir o que vocês são.  Não há outra alternativa, é terrivelmente simples.
Vocês o veem por exemplo, em relação aos últimos medos. Eles se iluminam com evidência. Isso não quer dizer que vocês estão submissos a esse medo, isso quer dizer que vocês o veem. São vocês que dão corpo a isso. A iluminação da Luz vos dá a ver o que é para atravessar, e vocês, vocês se apreendem disso. É o único problema que pode existir, não há outro. Não há nenhum karma que se mantenha, não há nenhuma ferida do passado que se mantenha, é somente vosso comportamento, e vossa atitude, que não está em acordo com a Luz – que vocês são, no entanto.  E é essa passagem, o face à face último, de dissolução do efêmero na Eternidade, que vocês vivem, mesmo antes do Apelo de Maria.
Além disso se vocês são a Eternidade, quer vocês sintam as vibrações ou não, hoje vossa vida deve se desenrolar, quaisquer que sejam vossos problemas, qualquer que seja vossa idade, quaisquer que sejam as faltas, ou quaisquer que sejam os conflitos, com a mesma Alegria. Se vocês deixam a pessoa retornar à frente, vocês vão ser levados pelo medo, pelas dúvidas, pelas raivas, e sobretudo pelo corpo que vai vos deixar. Eu disse e eu o repito hoje, isso não são piadas. Vocês o vivem todos os dias, não é ?  Mas ainda uma vez, não vale a pena culpar visto que vocês sabem de qualquer maneira que não é uma questão de bem ou mal, é que o conjunto das circunstâncias de vossos diferentes pontos de vista vos colocam face ao que, para vocês, é resolutivo. Mas sinceramente, eu penso que é mais agradável viver as coisas leves do que as coisas um pouco pesadas, não é ?
E enquanto vocês não compreenderem que não são vocês, mas a Luz, a Graça agora, quem tomou a retransmissão, para os fenômenos interiores, mas vocês o têm, o testemunho, no desenrolar de vossa vida.  Se vossa vida, qualquer que seja vosso estado, quaisquer que sejam as dificuldades de dinheiro, as dificuldades familiares, se vocês estão na Alegria, por que sair da Alegria ? Porque a pessoa tenta se imiscuir.  E isso vai se tornar, isso, se vocês não viram, cada vez mais flagrante, e eu diria mesmo, cada vez mais quebradiço. Então, cabe a vocês verem.
Outra questão.


***

Tradução do Francês: Ligia Borges




PDF (Link para download) : OMA - Parte 3A - Q / A - Setembro 2017



5 comentários:

  1. Mais vocês serão simples, mais vocês estarão no abandono, no sacrifício, mais vocês viverão a Eternidade. Vocês não podem chegar a nada com vossa pessoa. É a vibração que faz o trabalho, é a consciência, nós vos dissemos de todas as maneiras possíveis.

    ResponderExcluir
  2. Como nosso amado Omraam Mikael, com outras palavras está nos chamando fortemente para nosso Silencio Interior, assim cada um poderá vivenciar em seu Coração do Coração tudo o quem tem a chegar, lembrando que cada um estará no seu momento de " juramento e a Promessa". Luz, Alegria e Liberdade a todos Nós.

    ResponderExcluir
  3. "OS INDIFERENTES;OS HIPÓCRITAS E OS PERVERSOS, MAIS E MAIS POVOAM OS ESPAÇOS NA SOCIEDADE CIVIL E DEGRADAM O BOM VIVER DA HUMANIDADE NO UNIVERSO" PORQUE?
    CADA VEZ QUE TENTO OFERECER CONHECIMENTOS DE SOLIDARIEDADE, AMOR E RESPEITO ENTRE OS SERES ENFRENTO HOSTILIDADES E AGRESSÕES. ISTO FAZ PARTE DA DEMONIZAÇÃO DA RAÇA MISCIGENADA SURGIDA PELA MISTURA DE "DNAs" DO UNIVERSO SIDERAL INFINITO?
    ENTENDO QUE A MELHORA DO CARÁTER DAS CRIATURAS VIVENTES MATERIALMENTE INSTALADAS EM PLANETAS EXISTENTES NO COSMO, PODERIA SALVAR E MELHORAR O COMPORTAMENTO DO SERES, SEJAM HUMANOS; GREYS; REPTILIANOS E ATÉ OS EM TRANSIÇÃO ESPIRITUAL E MATERIAL.
    SOFRO E PADEÇO COM OS TORMENTOS QUE CAUSAM-ME AS DORES QUE ADVIRÃO DE MALDADES PERVERSAS E CRUÉIS DESTAS CRIATURAS DAS TREVAS.
    GÉSNER LAS CASAS
    RADIALISTA, ARTISTA PLÁSTICO, COMENDADOR DE TOBIAS DE AGUIAR & JORNALISTA

    ResponderExcluir
  4. Nosso Amado Aïva, é além do excepcional... Uma habilidade extraordinária, e mais uma Mensagem, muito agradável....

    Tudo está encaminhando, conforme a ‘Programação Celeste’, onde neste trimestre final, teremos o 'Aguardado'... E o suspense, é que, pode ser agora... Ou em novembro, porém, não passa de 31/12/ 2017. Assim Seja!!!!

    Ele, Nibiru, depois que fez, a voltinha, atrás do Sol, mesmo que ele diminua a velocidade, para ‘bater um papinho’, com Mercúrio, Marte e Vênus, mas tem muita gente esperando mesmo, é o ‘Encontro Dele com a Terra’. Será diferenciado, revelador, libertador, promocional,....

    Em destaque :
    « Portanto eu não posso dar a data. »

    Ahhhhhhhhhhhhh!!!!

    Tudo bem!... Então, por tudo que está acontecendo... Não deve mais demorar.

    ResponderExcluir
  5. É alguém que busca compreender. Mas nenhuma compreensão, hoje, pode vos ser de alguma utilidade. É por isso que eu disse que da próxima vez, eu não falarei de conceitos, mas vocês me interroguem sobre o que vocês vivem. Não sobre conceitos como estes, isso avança para nada, isso apenas prova, efetivamente, que vocês tentam se apreender de alguma coisa que é inacessível e de colar isso ao que vocês conhecem e vivem usualmente, como foi dito, ou habitualmente. Apreendam bem, e nós os dissemos, uns e outros a cada vez, que mesmo se é vossa pessoa quem escuta as palavras, há algo que é tocado, que está além de vossa cabeça, que age diretamente sobre vossa consciência. Então se vocês levam, mesmo se vocês não o veem, o que são palavras vibrais, mesmo se é a mesma palavra, e vocês levam isso ao conhecido, não serve para nada.
    Os conceitos, eles vão também desaparecer uns após os outros, como vossa memória. O que é que vocês vão fazer se vocês têm o hábito, mesmo vivendo as vibrações, de se servirem de vossa cabeça ? Sirvam-se de vossa cabeça para conduzir o carro, para regular vossas relações humanas, para fazer vossas obrigações, mas não misturem a cabeça ao que se vive no nível da consciência e do vibral. Caso contrário, vocês se prejudicam sozinhos, e então isso acarreta resistências, e o que eu disse, as lesões.
    Não alimentem o efêmero do que vocês vivem como Eternidade, não é o objetivo
    Vocês trazem tudo para vocês, enquanto pessoa, onde vocês deixam a Luz e sua Inteligência trabalhar
    Quando nós dissemos e repetimos sem parar : humildade, simplicidade, ser preguiçoso, deixar estar, vocês compreendem finalmente o que isso quer dizer, fundamentalmente ? Ou vocês ainda estão a caminho de buscar amendoins em todos os lugares ? Aí, não é mais a bicicleta que gira, hein, é o corpo que vai quebrar.
    Nós vos prevenimos desde mais de um ano. Onde está a espontaneidade, onde está o instante presente, assim que você agarra uma experiência ou uma vivência para projetá-la neste mundo ?
    Não há nada mais difícil do que a simplicidade, para o mental, porque na simplicidade, não há nada a explicar, há somente a Alegria que se manifesta. Portanto cabe a vocês se posicionarem, em função do que se apresenta na tela da consciência.
    Vocês não podem chegar a nada com vossa pessoa. É a vibração que faz o trabalho, é a consciência, nós vos dissemos de todas as maneiras possíveis.
    Sirvam-se de vossa pessoa para a vida da pessoa, no que vocês têm a fazer, no prazer de encontrar um filho, os amigos, os irmãos, as irmãs.
    Aí sim, mas quando vocês vivem um mecanismo vibratório ou de consciência, não o tragam na consciência ordinária, deixem desenrolar-se, não se apreendam de nada.
    então, simplicidade, infancia, humildade e transparência
    Grato Ligia
    Rendo graças


    ResponderExcluir