ANDROMÉRID - Outubro 2017


Andromérid - 18 de Outubro de 2017
Mensagem de 18 de outubro de 2017 (publicada em 01 de novembro)
Origem francesa – recebida do site Les Transformations


Áudio da Leitura da Mensagem em Português - por Noemia
Clique aqui para fazer o download do áudio




Eu sou Andromérid, representante dos Arcturianos, e dou graças aos irmãos e irmãs aqui presentes, ou em qualquer outro lugar, por cada presença na verdade do coração.

Acolhamo-nos,  acolhamos cada um de nós nesta Verdade, nesta Unidade, e fiquemos alguns instantes em silêncio, a fim de que se viva e se instale, se revele e emane a verdade de cada um na Alegria,  no Amor que somos.

…Silêncio...

Enquanto representante dos Arcturianos, alguns já vierem ver-me, assim como a outros dos meus irmãos, neste lugar. Não vou entrar em pormenores nem dar informações de funcionamento em relação ao nosso povo, apenas proceder a algumas especificações relativas ao que se faz neste instante, neste período, neste lugar, pelo menos, assim como noutros lugares onde, de alguma forma, trabalhamos com os gnomos, no eixo Fogo-Éter, tal como fazem actualmente os elfos com as ondinas, no eixo Ar-Água. Isto sem ter como objectivo reajustar o que quer que seja, nem tão pouco  curar o que quer que seja a nível da pessoa, mas, simplesmente pela vibração desta experiência, propiciar a libertação e entrega daquilo que pode fazer, ou até entravar, a vivência da vossa plena verdade no centro do centro.

É possível, no sítio dos gnomos,  constatar igualmente a nossa presença, para que se possa  viver esse estado em qualquer lugar que não apenas aqui, mas isso não precisa de ser vivido várias vezes, só  uma vez, eventualmente. Disso cada um se dará conta.

Seja com os elfos, as ondinas, os gnomos, ou com os Arcturianos, o importante não é procurar nem pedir o que quer que seja nem fazer intervir a vontade, mas simplesmente seguir a pulsão e deixar viver o que se vive no coração.

A nossa intervenção aqui é para vos ajudar no desprendimento e no abandono dos últimos hábitos, das últimas crenças, de forma a permitir assim um ajustamento natural naquilo que são.

Assim, repito, nos nossos sítios não é necessário pedir, basta simplesmente estabelecer uma intenção e deixar andar, deixar correr a Vida que se vive e que volta ao seu centro.

Nada há a fazer, é deixarem-se conduzir, de alguma forma, pela vida que são, permitindo assim que a consciência volte com facilidade e leveza ao seu próprio centro, no caso de nenhuma intervenção da vossa parte ser avançada. Não há outra explicação ou busca a efectuar. Hoje nada temos a ensinar  a não ser favorecer, simplesmente, à nossa maneira, a participação no vosso reconhecimento definitivo.

Há quem nos conheça, quem nos tenha encontrado, mas este processo que é transmitido e que se vive neste momento pode ser vivido por todos, em cada um, quaisquer que sejam as origens, as linhagens, qualquer que seja  vivência da pessoa, pouco importa. Isso apenas tem uma finalidade que é, de alguma maneira, dar-vos a possibilidade de se encontrarem, de se instalarem definitivamente no centro do centro, nesta Alegria incomensurável, e de aí permanecerem.

Foram vividas até agora Teofanias, mas hoje é possível viver a Endofania em cada instante, agora. Sempre estivemos todos aqui a acompanhar-vos: os povos da natureza, os Anciãos, as Estrelas.

O objectivo não foi dar-nos a conhecer ou  acrescentar um eventual interesse à nossa vivência, ao nosso funcionamento, mas muito concretamente conduzir-vos até aqui, no que somos e no que vocês são, reconhecendo assim esse Único, bem para lá de toda a forma, de todo o jogo, de toda a dimensão, da simples presença deste Amor supremo, desta suprema Alegria que vos invade, na totalidade, por amor, que vos leva até onde nada mais existe, onde tudo se estabiliza, onde tudo se pacifica.

Foram por nós acompanhados até esse Desconhecido que são. Independentemente das técnicas utilizadas, dos encontros ocorridos, tudo isso, em definitivo, apenas visou este instante, este instante que para nós já foi vivido - daí o nosso contentamento -, esse instante que vos entrega a vós próprios nesta Unidade, no Único onde, de algum modo, a última escolha vos assiste, a última rendição, o último salto, vindo assim encorajar e dar graças ao que foi qualificado de passagem mas que o não é, a este último sacrifício que o não é também. Trata-se do reconhecimento e da imersão total na Verdade que são e que sempre foram.

Assim, as minhas palavras pouca importância têm e a nossa Presença pode fazer-se silêncio em cada um que assim o queira,  para se reencontrarem em definitivo sós e, ao mesmo tempo, sendo todos nós. Não vou, pois, prolongar estas breves palavras mas propor-vos apenas viver  esta revelação convosco próprios e para vós próprios e não é uma Teofania o que vos proponho mas uma Endofania, deixando assim que se viva, no silêncio do coração, a jóia  sempre presente, testemunho do Amor e da Alegria que emana, livre e sem limites, para lá mesmo de quaisquer palavras, para lá mesmo de qualquer explicação.

… Silêncio...

Queridos irmãos e irmãs, eu sou Andromérid, representante dos Arcturianos, e agradeço aos povos da natureza, aos povos intergalácticos, aos Anciãos e às Estrelas por me terem permitido dirigir-me a vós neste dia.

Juntamo-nos todos para  bendizer e saudar em cada um a sua verdade e a sua eternidade.

… Silêncio...



***


Tradução do Francês: Maria Teresa Santos



PDF (Link para download) : ANDROMÉRID - Outubro 2017


9 comentários:

  1. A nossa intervenção aqui é para vos ajudar no desprendimento e no abandono dos últimos hábitos, das últimas crenças, de forma a permitir assim um ajustamento natural naquilo que são.

    ResponderExcluir
  2. Desculpe minha ignorância mas o que é Endofania?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Anônimo, na msg de Maria surgiu uma pergunta semelhante, e lá foi respondido do seguinte modo :

      www.dicionarioinformal.com.br/endo/

      Significado de endo. O que é endo: ¨Endo¨ é um elemento de gramática que denota situação interna e significa ¨dentro¨ , ¨interno¨ .


      Quanto ao termo Endofania, substituindo Teofania, querendo dizer a mesma coisa, talvez seja para evitar cristalizar expressões; por mais divinas que sejam.

      Excluir
    2. Entendi amigo, obrigado.

      Excluir
    3. ENDOFANIA É a manifestação de Deus dentro de nós, em nós.

      Excluir
    4. Particularmente, vejo Teofania (perpétua, do espírito...) com sendo isso mesmo de Deus dentro de nós, em nós; sem chance para ninguém, por sorte (rs). Vejo Endofania significando a mesma coisa, pois, em Realidade, não existe nada além disso e nem fora disso. É claro que isso é a descrição, que nada vale sem a vivência.

      Excluir
  3. Oi Anônimo e Egidio, tbm pesquisando 'fania' significa "aparição", então talvez as duas juntas queira dizer "aparecer o que estava oculto".

    Em Luz, Sara.

    ResponderExcluir
  4. Trata-se do reconhecimento e da imersão total na Verdade que são e que sempre foram.
    apenas viver esta revelação convosco próprios e para vós próprios e não é uma Teofania o que vos proponho mas uma Endofania, deixando assim que se viva, no silêncio do coração, a jóia sempre presente, testemunho do Amor e da Alegria
    Grato Maria Teresa
    na Paz e Alegria

    ResponderExcluir
  5. “A nossa intervenção aqui é para vos ajudar no desprendimento e no abandono dos últimos hábitos, das últimas crenças, de forma a permitir assim um ajustamento natural naquilo que são.”

    Como Andromérid, é amoroso e acolhedor...

    Em Unidade!!!!

    ResponderExcluir